Em homenagem ao outubro rosa, Wallid Ismail promove disputa de cinturão feminino no Jungle Fight 82‏

Como em tudo no mundo, as mulheres tiveram de brigar, literalmente, por espaço no MMA. O processo de entrada das mulheres nos ambientes esportivos de lutas ou artes marciais ocorreu de maneira lenta e o presidente do Jungle Fight, Wallid Ismail, foi o primeiro a colocar luta feminina no Brasil e nos Estados Unidos, mostrando a força das guerreiras que buscam uma vida melhor através do esporte. Para ele, a mulher nunca foi o sexo frágil.
Post_institu_luta2_outubrorosa
“O Jungle Fight nasceu para incentivar o MMA em todos os aspectos e as lutadoras tiveram uma ótima performance. Tanto é que hoje o profissional mais bem pago é uma mulher. Fico feliz de ter sido o primeiro a ter a ideia de colocar a luta feminina na televisão no Brasil e Estados Unidos”, disse o presidente.
Apostando mais uma vez nesse espírito da selva incorporado na mulher brasileira, o Jungle Fight 82, que acontece dia 24 de outubro, no Clube Sírio – SP, vai promover dois combates femininos. Um deles, entre a paraense Amanda Lemos e a carioca Caroline Cunha, vale o cinturão da categoria peso-galo (até 61kg). Para Amanda, o título do maior evento de MMA da América Latina é um salto importante na carreira de qualquer atleta.
“Estou muito ansiosa e com esse cinturão vou dar um importante passo na minha carreira. Treinei forte e estou focada para impor meu jogo sempre. Chegou minha oportunidade e não vou deixar escapar fácil. Estou pronta para lutar em cima ou embaixo”, afirmou Amanda, que está invicta com 3 vitórias na carreira. Em seu último desafio, pelo Jungle Fight 77, a paraense conseguiu um belo nocaute ainda no primeiro round.
Estreante no MMA profissional, Caroline sabe que vai encontrar dificuldades, mas garante que estudou sua adversária e esbanjou confiança em sair da arena Jungle com a vitória.
“Tenho consciência que a Amanda é uma adversária muito forte. Vi alguns vídeos dela, mas estou confiante, montamos uma boa estratégia para essa luta. Meu treinamento está forte e minha equipe está fazendo um ótimo trabalho, tanto na parte técnica, quanto na parte física. Estou preparada para dar um grande show na arena Jungle”, garantiu Carol, que encontrou no esporte um caminho para se reerguer após ser obrigada fechar sua loja quando foi vítima de um assalto. “O MMA me ajudou muito. Passei uma barra quando fui assaltada e perdi tudo, tive que fechar minha loja. Foi quando mudou tudo na minha vida. O esporte que me levantou novamente”, finalizou.
logo_jungle_fight-0
A outra disputa feminina do Jungle Fight 82 será o combate internacional entre a maranhense Monique Bastos, que ficou conhecida na web após imobilizar um assaltante no Rio de Janeiro, e a chilena Jennifer Gonzales. Serão 20 lutas e três cinturões em jogo: pelos leves, Eric Parrudo desafia o campeão Ciro Bad Boy, enquanto Bruno Cappelozza e Sandro “Apaga Luz” disputam o título da nova categoria até 100 kg. A Band, Bandsports e o portal band.com.br transmitem o evento ao vivo para todo o país.
Card Jungle Fight 82:
20.Ciro “Bad Boy” Rodrigues (Kimura Nu/Rio Grande do Norte) x Eric ‘Parrudo’ (Champion Team/Bahia) Cinturão 70kg
19.Bruno Cappelozza (Corinthians Team/São Paulo) x Sandro ‘Apaga Luz’ da Silva (V8/Ceará) Cinturão 100kg
18.Amanda Lemos (Marajó Brother/Pará) x Caroline Cunha (War Machine/Rio de Janeiro) Cinturão 61kg
17.João Almeida (Corinthians Team/São Paulo) x Rodrigo ‘Nocaute’ (Nigue Team/São Paulo) 100kg
16.Monique Bastos (Bronx’s Gold Team/Maranhão) x Jennifer Gozales (Nigue Team/Chile) 52kg
15.Francivaldo Massarinha (Constrictor Team/Piauí) x Valdines Silva (Pitbull Brothers/Rio Grande do Norte) 66kg
14.Gaston Mansur (Nigue Team/Chile) x Diego Paiva (Conexão 01501/São Paulo) 57kg
13.Leonardo Vitorino (Thiago Tavares Team/Santa Catarina) x Wagner Maia (Baixinho Team/Rio de Janeiro) 100kg
12.Quemuel Ottoni (Famila Komodo/São Paulo) x Alex Pereira (Peso Pesado/São Paulo) 84KG
11.Handerson Martins (TFT/Maranhão) x Guilherme ‘Carcaça’ Miranda (Black Cheep/São Paulo) 70kg
10.Marcelo ‘The Rock” Cruz (Team4life/Brasília) x Marcus Vinicius ‘Montanha’ Lopes (Gordim Fight Team/Minas Gerais) 100 Kg
9.Wellington “Negão” (Família Furacão/São Paulo) x Sidnei Souza (Herman Gutierrez Team/São Paulo) 84kg
8.Francisco Neves (Ryan Gracie/Polêmico/São Paulo) x João Paulo De Melo (Herman Gutierrez Team/São Paulo) 70Kg
Card Social
 7.Kelles Fúria (Union of Monsters Fighters/Rio de Janeiro x Adriano Capitulino (Rio Fighters/Minas Gerais)
6.Israel Ottoni (Família Komodo/São Paulo) x Geraldo de Freitas (Rio Fighters/Rio de Janeiro) 61kg
5.Fernando Duarte Guerra Bagordache (Fer Fight Brothers/São Paulo) x Rangel Spnkz (Monstros Team/Paraná) 66kg
4.Alisson Barbosa (Herman Gutierres Team/São Paulo) x Lucas Kramer (Calasans Bjj/Hard Kick Team/São Paulo) 66kg
3.Romulo Tineti (Ryan Gracie/Polêmico/São Paulo) x João Paulo Franja (Bronx’s Gold Team/São Paulo) 57kg
2.Danilo Adreani (Colisão Jiu Jitsu/São Paulo) x Hermison Oliveira (Charles Oliveira Gold Team/São Paulo) 57kg
1.Edi Castro (Fabiano Boxer/Rio Grande do Sul) x Otávio Sagas (Bronx’s Gold Team/São Paulo) 77kg
Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s