Thales Leites exalta preparação para próximo duelo e fala do futuro da divisão dos médios‏

Atleta da Nova União encara Chris Camozzi no próximo dia 06 de agosto, no UFC Fight Night 92, em Salt Lake City (EUA) e garante foco em acabar o duelo antes dos três rounds

Thales MMA

Um dos atletas mais experientes da Nova União, o lutador Thales Leites é o próximo representante da equipe de Dedé Pederneiras a subir no octógono do UFC. O desafio do atleta de Niterói, região oceânica do Rio de Janeiro, será diante de Chris Camozzi, no UFC Fight Night 92, que acontece no dia 6 de agosto, na cidade de Salt Lake City, nos Estados Unidos. O norte-americano substitui o compatriota Brad Tavares, oponente inicial de Thales e que se machucou faltando cerca de um mês para a luta. O duelo acontece na divisão dos médios (até 84kg).

Aos 34 anos, Thales Leites já é um velho conhecido do Ultimate. Com 15 duelos somados, o niteroiense teve duas passagens na franquia. A primeira foi de 2006 a 2009, onde chegou a disputar o cinturão dos médios diante do então campeão Anderson Silva. O retorno veio em 2013 e Thales não decepcionou a confiança embalando uma grande sequência de cinco triunfos consecutivos. Porém, nos últimos dois duelos, diante do atual campeão Michael Bisping e de Gegard Mousasi, Thales foi derrotado por decisão dos juízes. Ele garante ter corrigido os erros dos últimos reveses para engatar uma nova sequência na divisão.

“A preparação para a próxima luta está muito forte, tenho me dedicado demais e estou muito confiante que vou voltar a vencer. Essas duas derrotas não me abalaram em nada, eu e minha equipe confiamos demais no meu potencial e me sinto muito bem para chegar lá e fazer meu trabalho. Tenho treinado demais a parte em pé, não quero deixar na mão dos juízes de maneira alguma, então não se surpreendam se eu nocautear nessa luta”, projeta.

Thales Leites grande fera da Nova União, atleta do UFC

Thales Leites grande fera da Nova União, atleta do UFC

E a declaração de Thales faz sentido. Apesar da faixa-preta de jiu-jitsu e a especialidade na modalidade, o lutador tem mostrado evolução constante na luta em pé. A prova disso foram os nocautes sobre Trevor Smith e Francis Carmont já no seu retorno ao Ultimate. Membro da Nova União desde os primórdios da equipe, o lutador falou ainda sobre os constantes questionamentos aos resultados do time recentemente e a volta por cima com as reconquistas dos cinturões do Bellator e do UFC, por Eduardo Dantas e José Aldo.

“Nós continuamos muito unidos como sempre fomos e os resultados voltaram a aparecer. O MMA está cada vez mais profissional e é um esporte individual, onde um ganha e outro perde. O rodizio de vitórias e derrotas acontece com todas as equipes. Não vejo má fase, e sim como algo normal que acontece com qualquer time. Às vezes fazem matérias tendenciosas, mas isso não abala em nada a gente e vamos continuar fazendo nosso trabalho. Não precisamos provar nada a ninguém”, afirma o lutador.
 

Thales vê menosprezo a Bisping e injustiça com Jacaré

Ocupando atualmente a 12ª posição no ranking dos médios, Thales ainda analisou a atual situação da categoria e o título de Michael Bisping, seu rival a cerca de um ano, e que destronou Luke Rockhold no UFC 199, em junho. Para Thales ouve menosprezo por parte do norte-americano, e ele ainda falou sobre a polêmica do title shot para o brasileiro Ronaldo Jacaré, que deve perder a chance para Dan Henderson, que ocupa a 13ª posição, atrás até do próprio Thales.

“Acho que o título do Bisping foi muito merecido, ele realmente foi menosprezado pela mídia e pelos próprios lutadores, mas é um cara que sempre se manteve no top 10 e aproveitou as chances que teve. É um atleta duro e mostrou isso, a gente viu que essa história de ‘queixo de vidro’ ou ‘mão de alface’ não tem nada a ver”, afirma, para completar sua opinião em relação ao próximo desafiante e o futuro da divisão. “A categoria é uma das mais difíceis que tem no UFC, com muitos candidatos ao título. Agora deram essa luta para o Dan Henderson e a meu ver não é justo. Acho que deveria ser o Jacaré, que fez por onde e merece essa chance. Mas a hora dele vai chegar, tenho certeza”, encerra.

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s