Campeã do Beach Boxing e Muay Thai, Lorrany Santos disputa cinturão de MMA e narra dificuldades

Oriunda da trocação, Lorrany Santos migrou para o MMA em busca do sonho de, futuramente, lutar pelo UFC, desejo que está presente em grande maioria das atletas da modalidade. Moradora de Itaboraí, no estado do Rio de Janeiro, a lutadora iniciou cedo sua caminhada e hoje, aos 23 anos, já tem em seu currículo varias vitórias no muay thai e cinturões  nas modalidades e também no Beach Boxing. Sua a trajetória nas artes marciais mistas está ocorrendo de forma promissora, sendo que atleta consiste em seu cartel 4 lutas, sendo três vitórias consecutivas ate o momento.

Profissional no MMA desde 2019, Lorrany Santos  possui um cartel positivo na modalidade. Ao longo do bate-papo, a lutadora falou sobre o início de sua carreira, a migração para o MMA, a disputa do cinturão do Favela Kombat seu próximo desafio e como ter como treinador o seu pai.

Lorrany e seu treinado/Pai . (Foto Deive Coutinho)

 

Sou da trocação, comecei a treinar o muay Thai com 13 anos com o meu pai (ele era o treinador) e desde então comecei a competir no amador e logo depois passei para o semi pro, em seguida pra o pro. Hoje sou grau preto de muay Thai, com mais de 50 lutas em toda caminhada e apenas 6 derrotas. 

 

Onde nasceu, como iniciou nas artes marciais?

 

Eu nasci em São Gonçalo e vim bem pequena para Itaboraí, meu primeiro contato com as artes marciais foi com 13 anos, fui treinar com meu pai que era professor de muay Thai. É ali começou a minha jornada no mundo da luta.

Lorrany . (Foto Deive Coutinho)

Nessa caminhada de lutadora profissional de MMA qual é seu maior desafio?

 

Não digo só para mim, mas digo para todos os atletas em geral. É muito difícil viver em um país que o nosso esporte não é valorizado. O maior desafio é a estrutura de Patrocínios e apoios. Viver para ser atleta, para sobreviver também. Eu dou aulas, mas tem pessoas que precisam trabalhar fora, é uma luta diária. É MUITO DIFÍCIL ser atleta no nosso país.

 

 

Me fala a sua expectativa da disputa do cinturão do favela Kombat?

 

Eu estou com a expectativa a mil, foco total, muito treino e tenho certeza que vai ser um espetáculo para o público.  Vamos surpreender os telespectadores.

 

 

Lorrany . (Foto Deive Coutinho)

Como é ter seu pai como treinador ?

 

Um desafio diário, a Cobrança é triplicada, tudo piora você sendo filha do mestre mas, eu sei que é para o meu bem.

 

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.