Na volta aos ringues, Mayweather ganha cinturão com um nocaute polêmico

 

Floyd Mayweather voltou aos ringues após uma hiato de 16 meses e conquistou o cinturão dos meio-médios do Conselho Mundial de Boxe (CMB), mas às custas de uma nova polêmica. Em quatro rounds disputados em Las Vegas, EUA, o pugilista americano nocauteou o compatriota Victor Ortiz quando o rival estava com a guarda abaixada.

Floyd Mayweather acertando um direto em Victor Ortiz

O incidente começou quando Ortiz acertou uma cabeçada em Mayweather quando este estava nas cordas. O juiz Joe Cortez pediu para que os dois se separassem. Após o toque de luvas, Mayweather acertou um golpe de esquerda que balançou o oponente, para depois emendar um golpe de direita que definiu o nocaute.

 

 

Mayweather desferindo os golpes que definiram o nocaute

“Eu fui pego com um golpe sujo e estava me protegendo em todos os momentos. Eu acertei ele com a esquerda e depois com a direita e isso encerrou a luta”, resumiu Floyd Mayweather após o combate.

O próprio Victor Ortiz foi pelo mesmo caminho e não quis aumentar a discussão. “Eu peço desculpas a ele. Eu não sou um lutador sujo. Eu lamento por isso [pela cabeçada], mas eu estava indo muito bem até aquele momento, portanto eu adoraria uma nova luta”, disse o jovem de 24 anos, que defendia o título pela primeira vez.

Floyd Mayweather Jr é erguido por sua equipe com o cinturão

“Você tem de se proteger em todos os momentos. Eu sou o vencedor. Se ele quer uma nova luta, ele pode ter uma nova luta”, disse Mayweather, que com o combate da noite do último sábado chegou ao seu 12º título mundial em diferentes categorias.

Com esse resultado, Floyd Mayweather somou a 42ª segunda na carreira, em 42 lutas. Em contrapartida, Ortiz soma 29 triunfos, 3 derrotas e 2 empates na carreira.

O retorno triunfal de Mayweather após um longo período longe dos ringues. Aos 34 anos, ele foi acusado de atirar em duas pessoas em 2009, de bater na ex-mulher e mãe de três de seus quatro filhos e de agredir o segurança de um cassino em 2010.

No boxe, até seu aguardado confronto com o filipino Manny Pacquiao, outro astro da modalidade atualmente, gerou polêmica. No meio das negociações para a luta, Mayweather acusou o rival de se dopar, o que lhe gerou um novo processo.

Fonte: UOL Esporte

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.