Atleta do Team Nogueira, Diego Braga enfrenta Luiz “Gugu Besouro” no WOCS 33

Por Diogo Schöpke

Nome de destaque dentro do Team Nogueira e do cenário nacional do MMA profissional, o experiente Diego Braga já tem data certa para retornar às lutas. O peso meio-médio (77kg), que possui um respeitável cartel de 21 vitórias e 8 derrotas, enfrentará Luiz “Gugu Besouro” no WOCS 33, marcado para o dia 28 de março no Rio de Janeiro (RJ). Nos últimos meses, o lutador esteve em dois camps preparatórios de atletas do UFC. Primeiro, ele ajudou o astro Anderson Silva para o segundo duelo contra Chris Weidman, e recentemente esteve em Manaus (AM) auxiliando Adriano Martins para o confronto contra Donald Cerrone.

 

Nem mesmo o período de mais de um ano sem entrar no cage desmotiva Diego, que se mostra bastante empolgado com o recomeço e aposta em sua vasta experiência para sair vencedor do duelo.

 

“Fiquei um pouco lesionado neste último ano, mas segui treinando forte para me manter em um bom ritmo. Já estou me sentindo 100% e acredito que este período parado não vai me atrapalhar em nada, muito pelo contrário. Tenho muitas lutas na “carcaça”, então vou saber administrar bem esse lado e fazer meu melhor quando entrar no combate”.

 

Há quatro lutas sem saber o que é ser derrotado, o lutador do Team Nogueira fez questão de agradecer o convite dos organizadores do WOCS e também aproveitou para analisar as características do seu próximo oponente, que ainda está invicto na carreira (cinco vitórias).

 

“Fui convidado pelo Tatá Duarte (presidente do evento) e aceitei o convite de pronto. Vai ser uma ótima chance. O jogo do Gugu é de encurtar e botar para baixo, estou treinando bastante para neutralizar isso. Já lutei com alguns companheiros de equipe dele (RFT), então já sei o que fazer para conseguir botar minha estratégia em prática”, disse o atleta que garante ter aprendido com o “Spider” algumas novidades para o confronto: “O Anderson tem muitos truques na cartola, então conseguimos pegar algumas técnicas novas e aprender ainda mais. Espero poder usar essas armas já na próxima luta”.  

 

Com um currículo repleto de lutas memoráveis contra grandes nomes do MMA mundial, como nos casos de Charles do Bronx, Miltinho Vieira, Adriano Martins e Iliarde Santos, Diego Braga ainda aguarda a chance de lutar em um grande evento internacional, mas não se preocupa com isso no momento.

 

“Sinceramente, eu também não sei o motivo de ainda não estar lá. Não fico pensando o que falta, até porque se eu ficar com isso na cabeça vou ficar me martirizando e isso não é positivo. Vou deixar as coisas acontecerem. É um grande sonho chegar ao UFC, acho que todos os lutadores profissionais têm esse objetivo. Se essa oportunidade vier vai ser muito boa para mim e para minha carreira”, concluiu.

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.