McGregor cumpre promessa, vence Mendes e conquista cinturão interino

Irlandês deve esperar o brasileiro José Aldo se recuperar de uma lesão na costela

(Photo by Christian Petersen/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

(Photo by Christian Petersen/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Conor Mcgregor cumpriu mais uma promessa: venceu o norte-americano Chad Mendes na madrugada deste domingo no UFC 189 e conquistou o cinturão interino dos penas – José Aldo, lesionado, segue com o título linear. Antes disso, o brasileiro Thomas Almeida conseguiu mais um nocaute e venceu o inglês Brad Pickett no segundo round, depois de uma joelhada voadora sensacional.

Apesar de aceitar a luta em menos de vinte dias, Chad Mendes começou o combate partindo pra cima e tentando apostar na sua melhor arma, o wrestling. O irlandês demonstrou uma incrível confiança, mesmo apanhando, seguiu mostrando sua força e conseguiu o nocaute já no fim do segundo round.

A categoria dos meio-médios segue com um campeão. Robbier Lawlwer mostrou que tem muito coração, e aguenta muitos golpes, e conseguiu nocautear o rival canadense no quarto round com uma sequência de golpes que parece ter fraturado o nariz do adversário. Depois de Georges St-Pierre, Lawler é o primeiro lutador da categoria que consegue defender o cinturão. “Estou feliz porque sou um guerreiro de verdade, venho e nocauteio”, disse o campeão.

A luta entre Dennis Bermudez e Jeremy Stephens era considerada uma das melhores da noite, com promessa de muita trocação no confronto em pé. Stephens começou o primeiro round sagrando muito, sofreu com os golpes do rival, mas no terceiro período conseguiu uma linda joelhada e apagou Bermudez. No fim. Stephens pulou a grade e foi apertar a mão de Lorenzo Fertitta.

Na primeira luta do card principal, o brasileiro Thomas Almeida, 23 anos, mostrou que consegue lutar com adversidades. Ele perdeu o primeiro round, sofreu cortes no nariz, mas voltou para o segundo período ainda mais agressivo e nocauteou com uma joelhada voadora sensacional. “Mais um adversário difícil na minha carreira”.

Logo depois, Gunnar Nelson, companheiro de Conor Mcgregor, mostrou que tem um jiu-jitsu muito afiado e dominou seu confronto. O islandês encaixou uma boa posição e finalizou Brandon Thatch, que já foi considerado o próximo desafiante ao cinturão, com um mata-leão no primeiro round.

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s