TJ Dillashaw nocauteia Barão no quarto round e mantém cinturão peso-galo

TJ Dillashaw nocauteia Barão no quarto round e mantém cinturão peso-galo

(Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

(Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

E deu TJ Dillashaw mais uma vez. Na revanche contra Renan Barão, que aconteceu na luta principal do UFC Chicago, o norte-americano mostrou novamente superioridade na luta em pé e nocauteou o brasileiro aos 45 segundos do quarto round, mantendo o cinturão dos pesos-galos.

Desde o início da luta, o integrante da Team Alpha Male foi dominante na trocação, acertando golpes fortes e precisos no desafiante brasileiro. Barão mostrou evolução em seu jogo, mostrando movimentação diferenciada e também atingindo o rival com suas ‘patadas’, mas não foi suficiente para parar o norte-americano.

Após dominar durante 15 minutos, investindo principalmente no jogo de clinche contra a grade, Dillashaw acertou uma boa sequência de socos em Barão, que não resistiu à saraivada e acabou derrotado por nocaute técnico.

“Eu sempre pressiono, e acho que comecei rápido demais. Foi um primeiro round maluco, e eu queria ter liquidado no começo. Comecei a pegar ritmo no segundo e terceiro rounds, e fui capaz de nocautear no quarto. Estou feliz que consegui acabar com a luta mais cedo do que na primeira vez, mas ainda preciso trabalhar em algumas coisas. Eu fui atingido mais vezes do que gostaria, e vamos consertar isso”, disse o campeão.

Ao todo, Dillashaw conectou 115 golpes significativos no duelo, e com isso se tornou o primeiro atleta na história do UFC a acertar mais de 100 strikes significativos em quatro combates seguidos.

Confira os resultados do UFC Chicago:

Card principal

TJ Dillashaw derrotou Renan Barão por nocaute técnico aos 45 s do R4

Miesha Tate derrotou Jessica Eye na decisão unânime dos juízes

Edson Barboza venceu Paul Felder na decisão unânime dos juízes

Joe Lauzon venceu Takanori Gomi por nocaute técnico aos 2:37 min do R1

Card preliminar

Tom Lawlor derrotou Gian Villante por nocaute técnico aos 27 s do R2

Jim Miller derrotou Danny Castillo na decisão dividida dos juízes

Ben Saunders derrotou Kenny Robertson na decisão dividida dos juízes

Bryan Caraway derrotou Eddie Wineland na decisão unânime dos juízes

James Krause finalizou Daron Cruickshank com um mata-leão aos 1:27 min do R1

Andrew Holbrook derrotou Ramsey Nijem na decisão dividida dos juízes

Elizabeth Phillips derrotou Jessamyn Duke na decisão unânime dos juízes
Zak Cummings derrotou Dominique Steele por nocaute técnico aos 41s do R1

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s