Shooto Brasil 56: Ex-UFC Amilcar Alves encara Rafael Viana na disputa pelo cinturão até 93kg

Evento acontece dia 21 de agosto, no Clube Hebraica, no Rio de Janeiro e além do duelo pelo título, tem embate entre RFT e Nova União com Felipe Olivieri e Julian Jabbá

Julian Jabba - Foto: Deive Coutinho

Julian Jabba – Foto: Deive Coutinho

Os fãs de MMA já podem se preparar para mais um grande card no Shooto Brasil 56. Realizando sua quarta edição no ano e cumprindo a promessa de shows frequentes até o final de 2015, a organização volta ao Clube Hebraica Rio para colocar mais um cinturão em jogo, no próximo dia 21 de agosto. O gaúcho Rafael Viana encara o ex-UFC Amilcar Alves valendo o título da categoria até 93kg, enquanto Jullian Jabba e Felipe Olivieri fazem o duelo entre academias vizinhas, RFT e Nova União, no co-evento principal da noite, pela divisão até 70,3kg. O show conta ainda com outros oito duelos e tem transmissão ao vivo do Canal Combate a partir das 20h.

Felipe Olivieri retorna ao Shooto

Felipe Olivieri retorna ao Shooto

“No começo do ano, nós falamos que iriamos fazer mais eventos e que poderiam esperar bons combates encabeçando esses cards. Na verdade, nesta edição teríamos duas disputas de cinturão, com o Ronys Torres colocando o título até 70kg em jogo, mas tivemos um contratempo e ele não poderá lutar. De qualquer forma, tenho certeza que o público e os fãs em casa verão boas lutas, com revelações nos primeiros combates, e nomes mais conhecidos nas lutas principais. Espero um grande show”, confia Dedé Pederneiras, presidente do Shooto Brasil.
Amilcar Alves Fatality Arena 7
Aos 35 anos, o carioca Amilcar Alves é atleta da Nova União e já teve passagem pelo UFC, em 2011, sendo derrotado nas duas oportunidades que entrou no octógono. Com especialidade no muay thai e judô e um cartel de 14 vitórias e cinco derrotas na carreira, Amilcar costuma lutar na divisão até 84kg, mas aceitou o desafio na categoria de cima, considerando a dificuldade na perda de peso. O lutador ainda vê no cinturão do Shooto Brasil a chance de se recuperar de dois reveses seguidos, lutando na Coreia do Sul e no Equador. Na organização presidida por Pederneiras, será a quinta participação do carioca, sendo a primeira no Shooto Brasil 1, ocorrido em 2006.

Adversário de Amilcar na disputa pelo cinturão da categoria até 93kg, o gaúcho de Porto Alegre, Rafael Viana, não sabe o que é derrota em quatro anos de carreira e cinco lutas disputadas. Aos 30 anos, o lutador possui a marca de nunca ter levado um de seus duelos para a decisão dos juízes, finalizando três e nocauteando dois oponentes. Viana, que pertence a academia Synergy Fight, fez quatros desses duelos pelo Shooto Brasil, e é irmão mais velho do lutador do Bellator Guilherme Viana. Recentemente, Rafael deixou o Rio de Janeiro, onde treinou durante um bom tempo na academia Rizzo VT, do lendário Pedro Rizzo, para voltar à Porto Alegre.

Os protagonistas da co-luta principal da noite treinam a menos de 3km um do outro. Nomes carimbados das vizinhas RFT e Nova União, principais equipes da Zona Sul do Rio de Janeiro, Felipe Olivieri e Jullian Jabbá fazem um duelo de lutadores experientes.
amilcar-alves
Criado na famosa Boxe Thai, equipe liderada, na época, pelo falecido Luis Alves, e hoje pupilo do lutador do UFC Johnny Eduardo, Olivieri vem de vitória nor nocaute na luta principal do Shooto Brasil 53, sobre Alvaro Alexandre, em março deste ano. Com 14 vitórias e quatro derrotas, o carioca, que tem como especialidade o muay thai, sofreu com lesões recentemente, chegando a fica quase dois anos parado. Seu oponente, Julian Jabbá, é um lutador bem conhecido do cenário nacional, com participações nos principais eventos do país. Um dos nomes mais importantes na equipe liderada por Marcio Cromado, Jabbá é conhecido pela sua entrega dentro do cage, mas possui um cartel irregular de 14 vitórias e 16 reveses.

O Shooto Brasil 56 conta ainda com outros oito duelos e o destaque vai para o embate que antecede os dois mais importantes da noite, entre Mario Soldado e Fabio Saci, pela divisão até 77,1kg. Outros combates que prometem são entre as revelações da academia Nova União, Kaue Fernandes e Jafel Filho encarando Luiz Felipe Jones e Ricardo Dias, respectivamente.

Ingressos à venda

Os ingressos para o Shooto Brasil 56 estão disponíveis para compra na academia Upper, localizada na Rua Marquês de Abrantes, nº 96, no bairro do Flamengo, Zona Sul do Rio de Janeiro, e tem o valor fixado em R$100,00.
shooto-12Shotoo Brasil 56

Data: Sexta-feira, 21 de agosto de 2015
Horário: 20h (Ao vivo no Canal Combate)
Local: Clube Hebraica Rio
Endereço: Rua das Laranjeiras 346 – Laranjeiras, Rio de Janeiro
Venda de ingressos: R$ 100 – Academia Upper – Rua Marques de Abrantes, 96 – Flamengo/RJ

Card de lutas
Até 93kg: Rafael Viana (Synergy Fight) x Amilcar Alves (Nova União) – disputa de cinturão
Até 70,3kg: Julian Jabbá (RFT) x Felipe Olivieri (Nova União)
Até 77,1kg: Fábio Saci (Orley Lobato Team) x Mario Soldado (Nova União)
Até 66,2kg: Alan Negão (Crazy Fight Team) x Maurício Buda (Nova União)
Até 56,7kg: Julio Cesar Splinter (BPT) x Maicon Silva (Nova União)
Até 56,7kg: Ricardo Dias (DTM) x Jafel Filho (Nova União)
Até 88kg*: Eduardo Guelinho (Crazy Fight Team) x Renato King (Nova União)
Até 66,2kg: Maicon Theophillo (BPT) x Rafael Palhares (Nova União)
Até 66,2kg: Luiz Felipe Jones (DTM) x Kaue Fernandes (Nova União)
Até 70,3kg: Fabiano Hollyfield (Crazy Fight Team) x Emanuel de Oliveira (Nova União)

*Peso combinado

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s