Em luta de cinco rounds, Josh Barnett vence Roy Nelson por decisão unânime

Pesos-pesados fizeram a luta principal do UFC Japão, neste sábado

(Photo by Mitch Viquez/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

(Photo by Mitch Viquez/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Quem esperava uma decisão por nocaute na luta principal do UFC Japão, neste sábado, na Saitama Super Arena, foi surpreendido por um combate de cinco rounds protagonizado pelos pesos-pesados Josh Barnett e Roy Nelson. Ainda que a vitória de Barnett tenha sido por decisão unânime dos juízes, Nelson provou mais uma vez o porquê da fama de  ‘queixo de aço’ ao permanecer em pé até o último segundo da luta.

Apesar da derrota, Roy Nelson foi superior no primeiro round e conseguiu aplicar duas quedas. No segundo e terceiro round, no entanto, Barnett mostrou a sua superioridade, encaixou bons golpes e castigou o adversário. Mesmo demonstrando muito cansaço, Nelson ainda contragolpeava.

O quarto e quinto round levaram Roy Nelson à exautão e Josh Barnett teve apenas o trabalho de administrar o resultado até a decisão final dos juízes, que lhe deram a vitória por unanimidade.

“Isso é resultado de muito trabalho. Eu sabia que teria uma luta duríssima pela frente e me preparei muito para esta noite. Posso dizer que o meu camp foi excelente”, declarou Barnett.

Na segunda luta mais importante da noite, Uriah Hall usou da sua especialidade, o chute rodado, para nocautear Gegard Mousasi no segundo round. O jamaicano foi completamente dominado pelo jogo de chão do iraniano no round inicial, mas o chute certeiro, no rosto do adversário, seguido de uma saraivada de golpes, decretou a sua vitória.

“Eu tenho a bagagem do karatê, então foi apenas uma questão de tempo até eu encaixar o golpe. Esse é o meu chute preferido e fui feliz em acertá-lo no segundo round”, explicou Hall.

Mas o nocaute mais espetacular do evento veio do único brasileiro do card, Diego Brandão. Logo no início da luta, também pelo card principal, o peso-pena acertou um direto de direta no rosto do japonês Katsunori Kikuno, que foi a nocaute aos 31 segundos do primeiro round.

“Antes de mais nada, quero agradecer Kikuno por essa luta. Ele é um cara muito perigoso, então tive que mantê-lo pressionado desde o começo. Queria aproveitar e avisar também os lutadores da categoria que eu estou chegando”, declarou ainda dentro do octógono.

Outro combate surpreende aconteceu entre os japoneses Mizuto Hirota e Teruto Ishihara, na primeira luta do card principal. Os dois lutadores fizeram uma luta franca, trocando socos durante os três rounds. O equilibrio foi tanto, que o resultado final foi um raro empate.

Confira todos os resultados do UFC Japão:

CARD PRINCIPAL

Peso-pesado (até 120,7kg): Josh Barnett venceu Roy Nelson por decisão unânime dos juízes.
Peso-médio (até 84,4kg): Uriah Hall nocauteou Gegard Mousasi no segundo round.
Peso-mosca (até 57,2kg): Kyoji Horiguchi venceu Chico Camus por decisão unânime dos juízes.
Peso-galo (até 61,7kg): Takeya Mizugaki venceu George Roop por decisão unânime dos juízes.
Peso-pena (até 66,2kg): Diego Brandão nocauteou Katsunori Kikuno aos 31 segundos do primeiro round.
Peso-pena (até 66,2kg): Empate no combate entre Mizuto Hirota e Teruto Ishihara.

CARD PRELIMINAR

Peso-meio-médio (até 77,6kg): Keita Nakamura venceu Li Jingliang por finalização no terceiro round.
Peso-leve (até 70,8kg): Nick Hein venceu Yusuke Kasuya por decisõa unânime dos juízes.
Peso-leve (até 70,8kg): Kajan Johnson venceu Naoyuki Kotani por decisão unânime dos juízes.
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Shinsho Anzai venceu Roger Zapata por nocaute técnico.

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s