Recuperada de lesão, Cláudia Gadelha avisa: “Luta contra Joanna é pessoal”

Brasileira quer revanche contra a campeã do peso-palha feminino do UFC

Claudia Gadelha

Enfrentar novamente a campeã Joanna Jedrzejczyk virou uma questão pessoal para Cláudia Gadelha. Na primeira posição do ranking do peso-palha feminino do UFC, a brasileira esteve muito perto de concretizar a sua tão esperada revanche, mas foi impedida de lutar por conta de uma lesão na mão. Agora, recuperada, Claudinha garante que não sossegará enquanto não reencontrar a polonesa no octógono.

“Eu quero essa luta. Mas, como eu falei, sou a número 1 do ranking, então quero disputar o cinturão. O meu objetivo é o cinturão. Eu já lutei com a Valerie e ganhei também. Qualquer uma das duas para mim estava ótimo para a disputa do cinturão, mas essa luta contra a Joanna tem que acontecer, para mim e para ela. É pessoal isso”, declarou em entrevista ao Canal Combate.

A rivalidade entre Cláudia Gadelha e Joanna Jedrzejczyk esquentou recentemente após algumas declarações polêmicas por parte das duas lutadoras. A brasileira chegou a comparar a campeã com o personagem ‘Smeagol’, do filme Senhor dos Anéis. A polonesa não deixou barato e afirmou que a adversário estava apenas tentando se promover às suas custas.

“Do mesmo jeito que ela está treinando, eu também estou. Estou focada nela desde a nossa última luta e, além de estar botando uma pilha, eu também estou treinando muito, assim como ela. Então eu não me preocupo com o que ela fala. Acho que ela não tem o que falar e por isso ela respondeu dessa forma. E eu não estou tentando provocar quando digo que ela parece com o ‘Smeagol’, eu realmente acho ela parecida com o ele. Não estou tentando me promover, até porque eu sou a número 1 do ranking e ela quer dar a entender que eu não mereço essa luta. Mas eu sou a número um, cheguei lá não foi à toa”, disparou a brasileira.

Claudia Gadelha é postulante ao cinturão

Claudia Gadelha é postulante ao cinturão

Ainda que deixe claro o seu desejo de revanche contra Joanna, Gadelha também não descarta enfrentar outra adversária ainda em 2015. “Pode ser a Carla Esparza. É uma rivalidade antiga. Mas meu foco está na Joanna, acredito que essa luta tem que acontecer agora, ela já faz algumas lutas desde que a gente se enfrentou eu fiz apenas uma, mas venho treinando como se tivesse em camp. Mesmo com a mão quebrada eu estava treinando o que dava para treinar e agora voltei a treinar o que estava impossibilitada. Estou me sentindo completa e pronta para enfrentá-la a qualquer momento”.

Por fim, a brasileira fez a sua previsão para a próxima luta da campeã do peso-palha feminino, contra Valerie  Letourneau, no UFC 193, em Melbourne (Austrália), no dia 14 de novembro.

“Acho que a Valerie é boa na trocação, o chão dela é tipo o da Joanna, mediano, consegue se defender bem no chão, consegue defender queda bem, mas acredito que a Joanna tenha mais poder de nocaute. A Valerie ainda desceu de duas categorias acima do peso-palha e por isso acho que ela não vá render os cinco rounds, então essa luta deve durar uns três rounds. Joanna vence, com certeza”, finalizou.

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s