José Aldo cogita revanche com Conor McGregor e avisa: “Só luto pelo cinturão”

Ex-campeão revelou lições aprendidas em derrota

Foto: Exclusiva Psicóticos por VT

Foto: Exclusiva Psicóticos por VT

Em 12 de dezembro, José Aldo perdeu a hegemonia que exercia na categoria dos pesos-penas do UFC. Primeiro, e até então único, campeão da divisão até 66kg, o brasileiro foi nocauteado em apenas 13 segundos por Conor McGregor, que era o dono do cinturão interino.

➡ CONHEÇA SPORT BLOCK OS MELHORES PROTETORES BUCAIS

A derrota foi apenas a segunda da carreira do manauara, que só havia sido superado em 2005, finalizado por Luciano Azevedo. Em entrevista ao Portal do Vale Tudo, o ex-campeão revelou que o revés contra McGregor doeu mais do que o primeiro da carreira, principalmente por ter sido tão rápido.

“(Foi) Muito pior. Por isso fiquei tão chateado. A gente treinou o ano inteiro, estava tudo certinho, mas chegou na hora e não teve luta. Lógico que ele teve o mérito dele em acertar o golpe, mas foi um erro meu, onde eu fui fazer uma coisa que eu sempre faço, um ataque seguro, e na hora eu fiz certo, mas ele teve o mérito de sair, colocar a perna no lugar certo, me acertou um golpe, eu acertei um também, mas ele acertou mais encaixado. Mas é isso, o frustrante é treinar, se preparar para a luta, chegar lá e acontecer do jeito que foi. Eu preferia ter entrado na porrada, ter lutado, entrado vários socos, do que essa que não teve luta nenhuma pra mim”, disse.

Mas nem tudo é ruim, e Aldo conseguiu encontrar aspectos positivos na derrota. O manauara revelou que executou novas estratégias na hora de perder o peso para o combate, e que conseguiu atingir o limite da categoria com muito mais facilidade e de maneira mais confortável do que em outras ocasiões.

Jose Aldo“Eu tive um ganho muito grande, muita aprendizagem também. A gente perdeu a luta, mas a parte de antes da luta foi muito boa. A gente aprende muito na derrota. É como sempre falei: a primeira vez que fui campeão foi a partir da minha primeira derrota. Aprendi muito e dali em diante eu tive uma sequência muito grande. Já estou aprendendo com essa agora. A gente sempre aprende na vitória, mas na derrota não tem lição maior, ela mostra o que está certo e o que está errado. Fico triste por esse lado, mas feliz também porque podemos aprender e vou voltar a ser o campeão de novo”, afirmou.

Voltando aos poucos para os treinamentos, Aldo ainda não tem certeza sobre qual será o próximo passo. O que ele sabe é que não se contentará com nada que não seja uma disputa valendo um título.

➡ CURTA PSICÓTICOS POR VT NO FACEBOOK
Mcgregor e aldo
“Eu, por mim, lógico que quero uma revanche com ele (McGregor), até pelo fato de que não teve luta. Nenhum dos dois lutou, foi um soco só que ele conseguiu conectar e venceu a luta. Beleza, parabéns, mas não era aquilo que todos esperavam. Mas eu não vivo em função disso, pra mim eu vivo sempre o amanhã. Se for uma revanche ou uma luta pelo título, pouco importa, mas, lógico, um dia vamos lutar de novo sim, sei que vou ganhar dele, sei que tenho capacidade. O próximo passo, é como te falei, não vejo outra luta e também não aceito outra luta que não seja pelo cinturão”, declarou.

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s