Cara de Sapato comemora luta pelo UFC na Austrália

Escalado para entrar em ação no dia 19 de março, em Brisbane, lutador relembra bons momentos vivenciados no país

Foto: Divulgação UFC

Foto: Divulgação UFC

➡ CONHEÇA SPORT BLOCK OS MELHORES PROTETORES BUCAIS

Antônio Carlos Jr., mais conhecido no mundo da luta pela alcunha de Cara de Sapato, terá seu primeiro desafio em 2016 no dia 19 de março, na edição do UFC em Brisbane, na Austrália. O oponente da vez será o local Daniel Kelly, pela categoria peso-médio (até 84,3kg), e viajar até o outro lado do mundo não será problema para o brasileiro, que guarda excelentes recordações do país referência da Oceania.

Em 2011, Cara de Sapato morou por seis meses em Sidney, cidade mais populosa da Austrália. Por lá, ministrou seminários e ensinava o jiu-jitsu em academias, aproveitando ainda o período para aprender fluência na língua inglesa. O lutador não se esquece dos momentos vivenciados no país, e quer manter a boa lembrança após sua próxima visita.

➡ CURTA PSICÓTICOS POR VT NO FACEBOOK

“A Austrália é um lugar incrível, muito especial para mim. Tive uma experiência maravilhosa ao viver por lá. A energia das pessoas e dos lugares é muito boa, então acredito que, no país, foram alguns dos melhores dias da minha vida. Só guardo na memória coisas boas da Austrália, e farei de tudo para continuar assim depois da minha luta. Estou louco para lutar, treinando forte para vencer”, avisa o lutador de 25 anos e natural de João Pessoa, capital da Paraíba.
Cara de Sapato
Apesar do carinho pelo país, o brasileiro sabe que terá que lutar tendo contra a torcida australiana, já que seu adversário é natural de Melbourne. Mesmo assim, ele espera contar com a força vinda da torcida de alguns amigos que ainda vivem no país. “Sei que minha torcida será minoria, mas será uma galerinha que fará um barulho grande”, espera.

Além do fato de voltar ao lugar que considera importante em sua vida, Cara de Sapato tem outro motivo para desejar que o tempo passe rapidamente até o dia 19 de março. Em sua última luta, em dezembro de 2015, ele ficou no octógono por apenas 11 segundos, tempo do embate contra Kevin Casey. Na ocasião, o vencedor do TUF Brasil 3 acertou, de maneira acidental, o dedo no olho do norte-americano, que ficou impossibilitado de seguir na luta e o resultado da peleja foi No Contest.

“Estou ansioso para que chegue logo o dia da luta. Amarguei uma sensação frustrante de treinar por vários meses, quase todos os dias da semana, e não conseguir nem suar. Me cansei mais no aquecimento do que na luta. Foi muito ruim, mas já esqueci aquele dia. Aproveitei o fim de ano para visitar a família no Brasil, relaxar um pouco, e logo voltei aos treinos. Não vejo a hora de subir no octógono novamente”, revela o representante da American Top Team.

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s