Primeira edição do Torres Fight é sucesso total na cidade de Torres (RS)

Espaço destinado as artes marciais foi um dos mais visitados durante o 28° Festival Internacional de Balonismo, que reuniu cerca de 500 mil pessoas

Giovani Costa, André duarte e Dirlei Mão de Pedra Foto: Torres Fight/Divulgação

Giovani Costa, André duarte e Dirlei Mão de Pedra Foto: Torres Fight/Divulgação

A primeira edição do Torres Fight, realizada durante o 28° Festival Internacional de Balonismo, entre os dias 20 e 24 de abril, na cidade de Torres, no Rio Grande do Sul, foi um grande sucesso, tanto esportivo quanto de público. O espaço de lutas e fitness, organizado pelos empreendedores Fernando Boita e Júlio Fernandes, foi uma das principais atrações do Festival, que neste ano reuniu cerca de 500 mil pessoas em seus quatro dias de atividades.
Com uma programação diferenciada, o Torres Fight teve como principais atrações palestras de fisiculturismo, apresentações de projetos sociais, seminários de MMA e um grande evento de artes marciais, que promoveu lutas de submission, Muay Thai e MMA, com destaque para a vitória de Giovani Costa (Boxer MMA) por finalização sobre Davi Lacerda (Black Team) no combate principal da noite.
O evento também teve a presença do campeão meio-pesado (93kg) do Jungle Fight, Dirlei “Mão de Pedra”. Dirlei, que é um dos principais atletas de MMA em atividade no Brasil, elogiou a qualidade dos duelos e comentou sobre sua participação no filme “Mais Forte que o Mundo – A História de José Aldo”, que retrata a vida do ex-campeão peso-pena do UFC.
“O Fernando Boita e o Júlio Fernandes estão de parabéns, o evento foi excelente, com muitos combates de ótima qualidade técnica. Tenho certeza que daqui sairão vários nomes que irão estourar no cenário nacional de lutas muito em breve. Participar do filme sobre a vida do José Aldo foi uma experiência muito legal na minha vida. O trailer já foi de arrepiar, não vejo a hora da estreia”, disse Mão de Pedra.
MMA 
Giovane Costa  (Boxer MMA) venceu por finalização Davi Lacerda (Black Team)
José Augusto (Team Bressan/Rilion Gracie) venceu por finalização Charles Colares (Naja Torres Team) 73kg
Muay Thai (Regras de K1)
Luan Ferreira (Naja Torres Team) venceu por decisão unânime Diomar de Souza (Wallace Pires Sanda Fighter)  65kg
Desafio Sulbrasileiro de Submission
Giovani Costa, André duarte e Dirlei Mão de Pedra. Foto: Torres Fight/Divulgação

 Foto: Torres Fight/Divulgação

Luta principal
Sidnei da Silva (Alfa Jiu-Jitsu Academy) venceu por finalização (chave de pé) Rafael Negretty (EFJJ)
1. Jovanei Júnior (Guetto Torres) venceu por finalização Marcelo Costa (Team Bressam)
2. Genivaldo Junior  (Bressam) venceu por decisão Alan Rafael Marques (CT Mão de Pedra)
3. Juliano da Rosa (CT Mão de Pedra) venceu Mário Cezar (Bressam)
4. Roque Cavalcante (Guetto Torres) venceu por finalização  Marlon Costa (Bressan Team)
5.  Jovanei Júnior (Guetto Torres) venceu por finalização Markus Ribeiro (Alfa Jiu-Jitsu Academy)
Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s