Yamaguchi Falcão vence 11ª luta profissional e mantém cinturão latino

Evento contou a parceria da Associação Carioca de Boxe

Yamaguchi e Mike Miranda Jr (CBBP). Fotos: Klaus Frevet

Yamaguchi e Mike Miranda Jr (CBBP). Fotos: Klaus Frevet

Não poderia começar melhor a parceria entre a Associação Carioca de Boxe (ACB) e a Confederação Brasileira de Boxe Profissional (CBBP). Na luta principal da noite da última sexta-feira (8), o medalhista olímpico Yamaguchi Falcão ampliou seu cartel de vitórias ao nocautear o colombiano Devis “Felino” Cáceres, derrubado ainda no primeiro minuto do segundo assalto, com um cruzado de esquerda. O combate aconteceu em Santos, no litoral paulista.

Esta foi a 11.ª vitória na carreira de Yamaguchi Falcão, que manteve o título latino dos médios do Conselho Mundial de Boxe (CMB), que havia obtido em março, também em Santos, quando venceu o argentino Jorge Caraballo.

Outro destaque foi a disputa do título brasileiro peso pena. Aélio Mesquita “Biro” venceu por nocaute Jociel Lima Nascimento, ainda no primeiro round.

Fotos: Klaus Frevet

Fotos: Klaus Frevet

O tetracampeão mundial Acelino Popó Freitas foi homenageado no evento.

Nas outras seis lutas do desafio internacional de boxe o público assistiu combates de nível, o super leve santista Rodolfo Karbstain venceu por nocaute o paulista Wenes Barbosa, a 1 minuto e 16 segundos do terceiro round.

Decisão já no primeiro round, o super galo Phabro Caetano Ribeiro, de Barueri, impôs nocaute técnico ao baiano Luciano Santos, aos 55 segundos de luta.

O galo Leandro “O Russo” Rufino, de Sorocaba, venceu o paulista Natan Santana Coutinho, por nocaute técnico, aos 2 minutos e 31 segundos do segundo round.

Numa luta disputada, peso cruzador, o paranaense radicado em Santos Rogério “Toro” Cacciatore perdeu para o paulista Daniel “Criminal D” Paixão por nocaute técnico aos 44 segundos do quarto round.

Em outro combate internacional, peso pena, o colombiano Walberto Ramos foi derrotado pelo brasileiro Adeilson dos Santos “Dell”, por nocaute técnico, aos 2 minutos e 36 segundos do sexto round.

Encerrando a noitada de boxe, o peso médio paulista Douglas Damião Ataíde venceu por pontos, por unanimidade, o baiano Valdevan Pereira.

 Parceria

Com a parceria entre a Associação Carioca de Boxe (ACB) e a Confederação Brasileira de Boxe Profissional (CBBP), a ACB vai poder promover lutas profissionais, com direito a disputa de título brasileiro. Assim, a ACB vai ser a única representante de boxe profissional no Estado do Rio de Janeiro.

 

 

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s