Aspera FC 42 traz disputa de cinturão feminino e retorno de Allan Puro Osso, em Cosmópolis (SP)

Evento acontece no dia 6 de agosto e será encabeçado por Viviane Sucuri e Carolina Karasek por título até 52kg; atleta da Chute Boxe Diego Lima encara Patrique Tavares

Allan e equipe

Allan e equipe

Um dos maiores eventos de MMA do Brasil e eleito entre os 20 melhores do mundo, o Aspera FC desembarca no estado de São Paulo, mais precisamente em Cosmópolis, a 130km de distância da capital, para realizar sua 42ª edição e com direito a disputa de cinturão. Na luta principal, a cearense Viviane Sucuri, campeã mundial do XFC, tenta mais um título na vitoriosa e invicta carreira contra a gaúcha Carolina Karasek, na categoria até 52kg. O card ainda traz o retorno de uma das principais revelações nacionais. Atleta da Chute Boxe Diego Lima, e companheiro de treinos de nomes do UFC como Thomas Almeida e Felipe Sertanejo, Allan Puro Osso retorna depois de um pouco mais de um ano longe dos combatves para encarar o carioca Patrique Tavares. O evento terá transmissão das oito lutas do card principal ao vivo no Esporte Interativo, a partir das 20h (de Brasília).

“O Aspera FC está sempre se renovando e inovando para os fãs. Não à toa somos um dos maiores eventos do Brasil e do mundo. Desta vez, trazemos um card muito bem selecionado e equilibrado, escolhido de forma minuciosa para os nossos fiéis espectadores. Na luta principal, duas excelente lutadoras pelo título. Tanto a Sucuri quanto a Carolina tem totais condições de ser campeãs. O retorno do Allan aos ringues é outro show à parte. Um dos mais promissores nomes brasileiros. Com certeza, teremos um disputado e excelente evento em Cosmópolis”, celebra o presidente o Aspera FC, Marcelo Brigadeiro.

Jovem e invicta, Sucuri tem veterana no caminho do título

Viviane Sucuri faturou a segunda temporada do torneio ao bater Vuokko Katainen. Foto Fusion Photography

Viviane Sucuri. Foto Fusion Photography

Quem conhece sabe do potencial da cearense Viviane Sucuri, atleta da Dragon Kombat, de Fortaleza. E com apenas 22 anos, ela entrará para protagonizar o Aspera FC 42 com um cartel invejável de 10 vitórias em 10 combates. Destas, apenas quatro na decisão dos juízes, com quatro nocautes e duas finalizações. A jovem ainda traz consigo o título de campeã mundial do XFC, quando finalizou Vanessa Guimarães, pupila de Cristiano Marcelo, ex-UFC, em novembro do ano passado.

Do outro lado, a gaúcha Carolina Karasek tem em sua experiência nas lutas e na vida, um trunfo para ficar com o cobiçado cinturão da divisão até 52kg. Aos 35 anos, a atleta da Spartacus, e natural de Harmonia (RS), tenta seu primeiro título como profissional. Ao todo, lutou seis vezes e venceu cinco dos seus combates, com apenas um revés. Suas vitórias foram construídas com dois nocautes e três finalizações, nunca tendo levado um embate para as papeletas dos juízes laterais.

Retorno de Puro Osso

Sem lutar desde março do ano passado, quando foi derrotado por Bruno “Macaco” Azevedo na disputa do cinturão mundial do XFC, Allan Puro Osso é um dos grandes destaques que abrilhantam o card do Aspera FC 42. Aos 24 anos, o atleta da Chute Boxe Diego Lima chega para o confronto diante de Patrique Tavares com um cartel de 14 vitórias e somente quatro derrotas. Afiado na trocação, mas um expert na luta de solo também. Dos triunfos conquistados, 12 foram por finalizações e dois por nocautes. No período em inatividade, foi chamado para lutar o Rizin, evento japonês conhecido como Novo Pride, mas viu sua luta ir por terra já no Oriente. Seu adversário, o japonês Yuki Motoya, teve problemas para bater o peso e o confronto foi cancelado por recomendação médica, frustrando os planos da revelação nacional.

Adversário de Puro Osso, o carioca Patrique Tavares fará sua estreia na franquia, assim como Allan. Na carreira, o lutador de Casimiro de Abreu, no Rio de Janeiro, soma sete vitórias e três derrotas, aos 30 anos. Das suas vitórias, seis foram conquistadas por finalização. Assim como o paulista da Chute Boxe Diego Lima, tem a arte suave sua principal arma para derrotar seus rivais.

Invictos na co-luta da noite

Além do retorno de Puro Osso e da disputa do cinturão feminino, o Aspera FC 42 traz na co-luta principal da noite em Cosmópolis dois lutadores que ainda não conhecem o que é perder. Pela divisão até 93kg, o baiano Leonardo “Cabeção” Oliveira chega para o embate com cinco vitórias em cinco lutas na carreira. Ele coleciona quatro nocautes e uma finalização e liquidou todas suas lutas antes do terceiro round. Já Thiago “Tico” Silva é natural de Belém, no Pará, e tem apenas um combate a menos que Cabeção profissionalmente. Nos quatro duelos realizados, venceu todos com dois nocautes e duas finalizações. A diferença de idade entre ambos é pouca: enquanto Leonardo tem 24 anos, Tico está com 21.
289167_623102_cartaz_aspera_fc_42
Aspera FC 42: Sucuri x Karasek

Data: Sábado, 6 de Agosto, a partir das 16h
Local: Ginásio Antônio Damiano, Cosmópolis, São Paulo
Transmissão: Esporte Interativo, a partir das 20h (de Brasília)

Luta principal – Disputa de cinturão até 52kg
Viviane Sucuri (Dragon Kombat) x Carolina Karasek (Spartacus)

Card Principal
Até 93kg – Leonardo Cabeção (China Team) x Tico Silva (Hard Fights)
Até 57kg – Allan Puro Osso (Chute Boxe Diego Lima) x Patrique Tavares (Imperio Fight)
Até 61kg – Gustavo Erak (Fabiana Belai Muay Thai) x Antônio Muita Luz (Templários Team)
Até 70kg – Juliano Ninja (Astra Fight Team) x Rafinha Lokal (Lokal Jiu Jitsu)
Até 52kg – Kinberly Novaes (CM System) x Bianca Sattelmayer (Sattelmayer Top Team)
Até 77kg – Uyran Presuntinho (Lhyiu Yu MMA) x Alberto Antônio (Brothers Team)
Até 93kg – Wallyson Maguila (Yoshinaga Team) x Rodrigo Capoeira (Força Combate)

Card Preliminar
Até 61kg – Vinícius Máximo (Team Máximo) x Weverton Delfim (Inside)
Até 84kg – Wagner Luís (Lotus Club) x Vitor Sales (Julierme Team)
Até 88kg – Emerson Vitorino (Bruno Jacaré Team) x Alan Salgado (Corinthians MMA)
Até 61kg – Luan Bolívia (Astra Fight Team) x Higor Sales (Julierme Team)
Até 57kg – Allan Mini (011 MMA Team) x Maicon Cardoso (Iriê Team)
Até 77kg – Tales Alves (Checkmat) x Rafael Bianchi (Brothers Team)
Até 57kg – Wingrisson Santos (Astra Fight Team) x Kaique Lyotinho (Gilliard Team)
Até 66kg – Diogo Hannibal (Team Hannibal) x Cícero Gardenal (Babuíno Gold Team)
Até 84kg – Yago Souza (Inside) x Thomaz Da Silva (Cláudio Bueno Team)
Até 70kg – Marlon Santos (Team Beltrão) x Thiago Lima (Team Nogueira)
Até 66kg – Pedro Doreto (Zion Fight Team) x Leandro Souza (Atos Jiu Jitsu)
Até 77kg – Pedro Pelegrina (Team Pelegrina) x Rodrigo Digão (Zion Fight Team)
Até 57kg – Rafael Matos (Daineze Team) x Thiago Taveira (Inside)

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s