Imortal FC 5 consagra Rogerio Bontorin com contrato no Pancrase; Wendell Negão vence

Paranaense finalizou dois na mesma noite para conquistar GP e vaga em evento japonês; Galeto se despede com derrota e Negão recebe prêmio das mãos de Giovanni Decker

Bontorin assinará contrato de três lutas com o Pancrase após vencer GP. Foto: Marcio Valle/Primeiro Round

Bontorin assinará contrato de três lutas com o Pancrase após vencer GP. Foto: Marcio Valle/Primeiro Round

➡ ARM LOCK MARICÁ A MELHOR FIGHT WEAR !

Um verdadeiro show de MMA levado ao mundo inteiro pela transmissão internacional ao vivo do Go Fight Live. O Imortal FC 5 fez jus ao status que adquiriu desde sua fundação e em uma edição muito especial presentou os fãs com lutas de alto nível. O principal vitorioso da noite foi Rogerio Bontorin, paranaense que trabalha como agricultor para se sustentar, ao vencer o GP Road To Pancrase e conquistar um contrato de três lutas com o evento japonês. Wendell Negão, estreante no IFC, derrotou o duro Gilmar Manaus na decisão unânime dos juízes laterais, enquanto Wagner Galeto viu sua festa de despedida dos cages estragada por Rafael Baraka.

O Imortal FC 5 contou com a presença do presidente do UFC no Brasil, Giovanni Decker. Para o CEO da organização, Stefano Sartori, não havia como protagonizar uma festa melhor no quinto show do IFC. “Fizemos uma festa muito bonita, com um card de nível internacional e lutas que não deixam a desejar em evento algum. Agradecemos a todos que participaram e ficamos muito felizes em ter uma figura importante como o Decker na plateia e entregando um dos prêmios da noite. O Imortal ainda vai muito longe e as parcerias internacionais que fechamos são a prova disso. Mostramos ao mundo a nossa força”, destacou Sartori.

Rogerio Bontorin finaliza dois na mesma noite e vence GP Road to Pancrase

O Brasil será representado no Japão por um verdadeiro especialista em jiu-jitsu, arte marcial que tantas alegrias já rendeu aos lutadores do país. Rogério Bontorin finalizou Ivonei Prodnik e Cristiano Pequeno na mesma noite e conquistou o GP Road to Pancrase, que lhe rendeu um contrato de três lutas no evento japonês. Na final, diante de Pequeno, que havia nocauteado Diego Santos na semifinal, rapidamente levou a luta para o chão, e da guarda puxou o mesmo arm-lock que usou para se classificar à final, obrigando o adversário a dar os três tapinhas. Vitória, contrato garantido e passaporte carimbado para a Terra do Sol Nascente.

“Ainda não consigo viver da luta, não consigo treinar direito, e agora vou poder me dedicar apenas ao MMA com esse contato no Pancrase”, comemorou Bontorin, invicto em doze lutas, nove delas por finalização. “Os japoneses podem esperar que vou entrar na porrada”, completou.

Wendell Negão venceu o duro Gilmar Manaus no IFC 5 Foto: Marcio Valle/Primeiro Round

Wendell Negão venceu o duro Gilmar Manaus no IFC 5 Foto: Marcio Valle/Primeiro Round

Wendell Negão leva sustos, mas vence Gilmar Manaus

Wendell Negão começou mais equilibrado, buscando o contragolpe, mas quando foi para cima levou vantagem com um chute alto. Gilmar Manaus não se intimidou e chamou a torcida após uma sequência de trocação franca que poderia ter levado qualquer um dos dois à lona. Surpreendentemente, se salvou de uma sequência de cotoveladas no clinche e derrubou no double leg. O segundo round, à exceção de uma linda joelhada voadora nos primeiros segundos, foi mais morno, assim como o terceiro.

Manaus viu frustradas suas tentativas de queda e Negão confirmou o favoritismo, vencendo os três rounds de uma luta complicada, chegou à 26ª vitória na carreira, com dez derrotas, e recebeu o troféu do triunfo das mãos do presidente do UFC no Brasil, Giovanni Decker.

Baraka estraga despedida de Galeto no MMA e Miau atropela Bel

Tinha tudo para ser uma festa para Wagner Galeto, que tinha torcida em peso no ginásio Max Rosenmann para assistir à sua despedida do MMA. Só esqueceram de um detalhe: Rafael Baraka não estava interessado em festa, a não ser que fosse para ele mesmo. Em um combate disputado e sangrento, o fim do segundo round garantiu a vitória de Baraka, que entrou com um chute na linha de cintura e uma sequência de socos que derrubou o adversário. No chão, foi uma questão de dez segundos no ground and pound para fechar a fatura. Após a vitória, ele desafiou Vinicius Vina, ex-UFC com passagem pelo Imortal.

Luan Miau não deu chances a Thiago Bel, uma das principais revelações do MMA brasileiro nos últimos anos. Com uma blitz avassaladora, o carateca Miau, que treina na CM System com o ex-lutador do UFC Cristiano Marcello, acertou um direto de esquerda que bambeou o adversário. A partir daí, foi engatar mais uma sequência de socos e obrigar a árbitra a encerrar a luta.

Wendell Negão chegou à 26ª vitória na carreira Foto: Marcio Valle/Primeiro Round

Wendell Negão chegou à 26ª vitória na carreira Foto: Marcio Valle/Primeiro Round

Imortal FC 5 – Road to Pancrase

Sábado, 23 de julho de 2016
Local: Ginásio Max Rosenmann – São José dos Pinhais (PR)

Card Principal

Rogerio Bontorin finalizou Cristiano Pequeno com um arm-lock aos 2min07seg do primeiro round – Final do GP Road To Pancrase
Wendell Negão venceu Gilmar Manaus na decisão unânime dos juízes laterais
Rafael Baraka venceu Wagner Galeto por nocaute técnico aos 4min12seg do segundo round
Killys Mota venceu João Carvalho na decisão unânime dos juízes laterais
Luan Miau venceu Thiago Bel por nocaute aos 35seg do primeiro round
Semifinal do GP: Cristiano Pequeno venceu Diego Santos por nocaute técnico 1min41seg do segundo round
Semifinal do GP: Rogerio Bontorin finalizou Ivonei Prodniki com um arm-lock a 1min56seg do segundo round

Card Preliminar

Jardel Evangelista venceu Paulo Bandido na decisão dividida dos juízes laterais.
Wellington Turman venceu Dyego Roberto na decisão unânime dos juízes.
Magnum Max finalizou Ewerton Seu Boneco no segundo round
Gustavo Wurlitzer finalizou Diego Silva no segundo round
Ewerton Toniazzo venceu Ednelson Alemão na decisão unânime dos juízes laterais
Antônio Paulo Nego venceu Lucas Batschauer por nocaute técnico no primeiro round
Luiz Killer finalizou Diego Silvério no segundo round
Paulo Brincalhão venceu Eduardo Wellington na decisão dividida dos juízes laterais

Imortal FC Kickboxing

Jordan Kranio venceu Guilherme Jab na decisão unânime dos juízes laterais
John Wesley venceu Luiz Bernardi na decisão dividida dos juízes laterais
Vilmar Corrêa venceu Felipe Holland na decisão unânime dos juízes

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s