Ronys Torres, André Júlio e Maik Matos brilham nos principais combates do Gladiator Fight 3, em Manaus

Com quimono ou sem quimono, os faixas pretas amazonenses reinaram absolutos no card principal do Gladiator Fight 3, maior evento de lutas casadas de jiu-jítsu e submission da Região Norte, realizado na noite desta sexta-feira, 9 de setembro, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping. Nas disputas de elite, Ronys Torres, André Júlio Franco e Maik Matos se consagraram como os grandes nomes do evento.

Ronys Torres vence joao wanderley-foto by emanuel mendessiqueira

Ronys Torres vence joao wanderley-foto by emanuel mendessiqueira

Na luta principal, Ronys (Nova União-RJ) superou João Wanderley (Orley Lobato) por 27 a 0, em batalha de submission até 88 kg. Foi a segunda participação do lutador nascido em Manacapuru (a 84 quilômetros de Manaus) no Gladiator Fight – na edição anterior ele venceu Victor “Coyote” Neves (Clube Pina).

Com a experiência de ter competido no UFC, Ronys enalteceu a organização do Gladiator Fight. Ele também destacou a coragem e a força de vontade de seu adversário, que substituiu Adail Aranha (Extremo Norte-RR) na véspera do evento.

Quero parabenizar o evento e agradecer pela oportunidade de ter lutado mais uma vez. O Gladiator Fight foi bem organizado, teve casa cheia, grandes lutas e reuniu alguns dos melhores lutadores do Amazonas. A cada edição vai se firmando e falta muito pouco para sair um evento perfeito”, elogiou Ronys.

 luta-18-ronys-torres-vence-joao-wanderley-foto-2-by-emanuel-mendes-siqueira

André Júlio anulou Fernandinho…

No segundo duelo mais importante da noite, André Júlio Franco  (Gracie Humaitá) se mostrou mais agressivo durante os 10 minutos do confronto e venceu Fernandinho Vieira (Alliance) por decisão unânime dos juízes.

“Fui chamado em cima da hora para fazer a luta e substituir o atleta Carlos Farias (GT Team) e mesmo assim consegui lutar bem. Anulei o jogo do Fernandinho e imprimi meu ritmo de luta. No final deu tudo certo: decisão unânime”, comentou o faixa preta da Gracie Humaitá.

Maik Matos cresce e aparece…

Na superluta Marrom/Preta, Maik Matos (Associação Monteiro) venceu Rudson Mateus (Caio Terra Associaton) por 3 a 1. Maik é um dos principais faixas pretas pesados em nível regional e se prepara para desafios internacionais, enquanto o faixa marrom Rudson ganhou mundiais nas faixas azul e roxa e já tem seu nome entre os principais atletas da “arte suave” no planeta.

Quero agradecer a todos que estavam na torcida, aos meus amigos de treino, ao mestre Guto Monteiro e aos patrocinadores, que se não fosse vocês nada disso seria possível”, comentou Maik.

Patrocinadores e apoiadores

Organizado pela SD Produções, o Gladiator Fight 3 tem patrocínio do Manaus Plaza Shopping, Athos Fight Wear e The Dog Father. O apoio é do Governo do Amazonas (Sejel), Prefeitura de Manaus (Semjel), Luís Neto, Gold Pass, Tatames Bosquinho, Ki Chick Bijuterias e Acessórios, Shop Ingressos.Com, Da Terra Design, Atleta Local e Emanuel Sports & Marketing.

 luta-17-andre-julio-vence-fernando-vieira-foto-4-by-emanuel-mendes-siqueira

 

Resultados do Gladiator Fight 3

Dia: 9 de setembro, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, em Manaus (AM)

Luta 18– Submission – até 88 kg – Ronys Torres (Nova União-RJ) venceu João Wanderley Camarão (Orley Lobato) por 27 a 0;

Luta 17 – Jiu-Jítsu – Superluta –  Preta – André Júlio Franco (Gracie Humaitá) venceu Fernando Vieira (Alliance) por decisão unânime dos juízes;

Luta 16 – Jiu-Jítsu – Superluta – Marrom/Preta – Maik Matos (Associação Monteiro) venceu Rudson Mateus (Caio Terra Associaton) por 3 a 1;

Luta 15 – Submission – até 76 kg – Marcelino Cavalcante (CT Brunocilla) venceu Fabiano “Ratinho” Rodrigues (Orley Lobato) por 1 a 0;

Luta 14 –  Submission – Peso Livre – Totonho Aleixo (CT Brunocilla) venceu Orlando Júnior (Alfa) por 1 a 0;

Luta 13 – Submission – até 64 kg – Franciele Nascimento (Projeto Nandinho) venceu Larissa Raywry (Denis Wester) por finalização em chave de pé;

Luta 12 – Jiu-Jítsu – Preta – Pluma Sênior – até 64 kg – Ader de Melo (Team Sotton/CT de Lutas) venceu Francisco Assis (Chiquinho Top Team) por finalização;

Luta 11 – Jiu-Jítsu – Marrom/Preta – até 64 kg – Robson Feitosa (Clube Pina) venceu Alex Taveira (Carioca Team) por decisão unânime dos juízes;

Luta 10 – Jiu-Jítsu – Preta – até 76 kg – Alex Muceda (Checkmat/Fábio Aníbal) venceu André Nakay (Gracie Humaitá) por 1 a 0;

Luta 9 – Jiu-Jítsu – Roxa – até 66 kg – Elias Silva (Projeto Nandinho) venceu Armando Neto (Gracie Humaitá) por finalização em triângulo;

Luta 8 – Jiu-Jítsu – Marrom/Preta – até 74 kg – x Thaís Santos (Orley Lobato) venceu Andréa McComb (Academia McComb de Lutas) por 9 a 3;

Luta 7 – Submission – até 64 kg – Leandro Lima (Orley Lobato) venceu Júnior Boya (Nova União) por finalização em triângulo;

Luta 6 – Jiu-Jítsu – Azul/Roxa – até 94 kg – Felipe Henrique (Checkmat) venceu Enoque Martins (Alliance) por 4 a 2;

Luta 5 – Jiu-Jítsu – Azul/Roxa – até 64 kg – Samy Galvão (Projeto Nandinho) venceu Débora Alves (GTT/Elvys Damasceno) por finalização em triângulo;

Luta 4 – Jiu-Jítsu – Azul/Roxa – até 70 kg – Luiz Paulo (Projeto Nandinho) venceu Caio Duarte (Clube Sevalho) por 4 a 2;

Luta 3 – Jiu-Jítsu – Colorida – até 60 kg – Giovanna Caxias (Projeto Nandinho) venceu Lorhanna Sousa (GTT/Elvys Damasceno) por finalização em triângulo

Luta 2 – Submission – Azul/Juvenil – até 65 kg – Lucas André Xavier (Astra Fight Team) venceu Domingos Guimarães (Game Fight) por 1 a 0;

Luta 1 – Jiu-Jítsu – Colorida – até 41 kg – Kauã Gabriel (Omar  Salum) venceu Marco Antônio (Nova Opção) por 5 a 0.

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s