Wendell Negão derrota Júlio César Merenda no duelo principal do Fatality Arena vs GSF

Mesmo com o maxilar quebrado desde o 1° round, Wendell se supera e vence Merenda por decisão dívida dos árbitros, em evento realizado em Cabo Frio
Foto:Marcos Santos/Divulgação

Foto:Marcos Santos/Divulgação

O Shopping Park Lagos, em Cabo Frio (RJ), recebeu na noite deste sábado (1) as emoções de um dos mais importantes desafios da história do MMA Nacional. Duas das principais organizações do Brasil, o Gringo Super Fight (GSF) e o Fatality Arena uniram suas forças em prol do esporte. O público apoiou a iniciativa e compareceu em peso ao local do evento. Nem mesmo a forte chuva que ocorreu sobre a cidade e forçou o adiamento do evento por algumas horas foi suficiente para afugentar os torcedores, ansiosos, principalmente pela luta principal. A espera valeu a pena e o que se viu foi um combate eletrizante, com vitória por decisão dividida de Wendell Negão sobre Júlio Cesar Merenda.
Dentre os sete duelos que compunham o desafio entre as organizações, o Fatality Arena conquistou cinco vitórias, somando 16 pontos. Contra apenas dois triunfos do GSF e quatro pontos. Com o resultado, o time Fatality se sagrou campeão da disputa, levando pra casa uma premiação diferenciada em dinheiro e prêmios em produtos de patrocinadores.
As regras da disputa foram muito fáceis: o vendedor do main-event levava 3 pontos, mais um bônus de 1 ponto em caso de finalização ou 2 em caso de nocaute. As demais lutas valeram 2 pontos por vitória, também com acréscimo de 1 ponto em caso de finalização ou 2 em nocaute.
Em luta equilibrada, Wendell Negão vence  na decisão dos árbitros
No combate mais aguardado da noite, Wendell Negão e Júlio César Merenda entraram no cage dispostos a dar um show. Principal nome do evento, Negão, que há pouco tempo fazia parte do elenco do UFC, foi logo mostrando suas credenciais e iniciou a luta buscando o ataque. Imprimindo um ritmo forte, Wendell foi prejudicado por dois golpes baixos ainda no primeiro round. Merenda, por sua vez, não deixava barato e nas brechas do oponente levava perigo com seus fortes golpes. O duelo se desenrolou equilibrado ao longo do três rounds. Um pouco mais contundente, Wendell Negão convenceu os juízes que lhe deram a vitória e mostrou que é um verdadeiro guerreiro, já que lutou a maior parte do confronto com o maxilar quebrado.
Coiote finaliza The Terrorist na melhor luta da noite, em Cabo Frio (RJ)
Adriano Coiote e Cleiton “The Terrorist” fizeram, sem dúvidas, a melhor luta da noite. Com muita leveza e agilidade, eles mostraram que estão prontos para alçar voos ainda maiores em suas carreiras. Com muitos golpes duros e trocas de posições, o duelo empolgou o público da Região dos Lagos. Após um primeiro round eletrizante, os atletas voltaram ainda mais dispostos para o segundo assalto. Mantendo o ritmo forte, Coiote acertou Cleiton com uma joelhada de encontro, desequilibrou o oponente, foi para as costas e conquistou a vitória com um mata-leão
Pitbull controla a luta e vence Isabelly Varela na única luta feminina da noite
Na única luta feminina do card, Juliete Pitbull não deu chances para Isabelly Varela. Disposta a encerrar a luta na primeira oportunidade, Pitbull começou como um rolo compressor. Com golpes duros, a atleta colocou Varela em apuros em diversas ocasiões do primeiro round. “Água mole em pedra dura, tanta bate até que fura”. O ditado serve perfeitamente para explicar a luta. Muito guerreira, Isabelly não se dava por vencida e continuava em pé, mesmo sendo castigada. No segundo round, no entanto, nem mesmo sua ótima absorção de golpes foi suficiente para impedir a vitória da oponente por nocaute técnico.
Wagner Pezinho vence mais uma e chega a sexta vitória consecutiva
Com apenas 22 anos, Wagner Pezinho vem despontando como um dos bons nomes dos pesos-pesados do Brasil. A jovem revelação vem em franca ascensão e conquistou sua sexta vitória em sequência. Diante de Megazord, adversário de 2m de altura, Pezinho não se intimidou e foi para cima. Após um início de luta bastante estudado, Pezinho encontrou algumas brechas no jogo do adversário e se aproveitou. Após algumas sequências de trocação, Wagner acertou uma contundente cotovelada no oponente. Foi o suficiente para os árbitros encerrarem a luta por conta do sério ferimento no rosto de Megazord.
Foto:Marcos Santos/Divulgação

Foto:Marcos Santos/Divulgação

RESULTADOS
Peso meio-médio: Wendell Negão venceu Júlio César “Merenda” por decisão dividida
Peso-galo: Adriano Coiote venceu Cleiton “The Terrorist” Araújo por finalização (mata-leão) aos 3m25s do segundo round
Peso-mosca: Juliete Pitbull venceu Isabelly Varela por nocaute técnico aos 2m30s do segundo round
Peso-pesado: Wagner Pezinho venceu Tiago “Dragonzord” por nocaute técnico aos 4m50s do primeiro round
Peso-galo: Matheus Malta venceu Dewis Junior por decisão unânime
Peso meio-médio: Gérson “Minotouro” venceu Pedro “Esfirrão” por decisão unânime
Peso-pena: Wilson Monteiro venceu Wanderson Targino “Psicopata” por decisão unânime
Peso-galo: Felipe Melo venceu Julinei Mendes Pires por finalização (chave de pé) aos 3m30 do primeiro round
Peso-leve: Leonardo Áreas venceu Edimar “Borracheiro” por nocaute técnico aos 4m20s do primeiro round
Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s