Após derrota polêmica, sparring de Anderson Silva pede revanche contra libanês no Brave

Vinícius  x Fakhreddine. Foto: Assessoria

A luta co-principal do Brave 4, realizado nesta sexta-feira (31) em Abu Dhabi foi marcada por polêmicas na arbitragem.

O brasileiro Vinícius Cruz, sparring de Anderson Silva na X-Gym, foi derrotado pelo libanês Mohammad Fakhreddine após interrupção médica e já havia tido um ponto deduzido após três golpes baixos. Após o duelo, Vinícius desabafou sobre as polêmicas e disse que seu foco é reencontrar o algoz o mais rápido possível.
Eu quero essa luta (revanche contra Fakhreddine) de qualquer jeito, é a luta que eu mais quero na minha carreira. Eu tenho certeza que o resultado vai ser diferente. Eu acho que fui prejudicado ali, perdi o foco da luta após o árbitro retirar um ponto, e parti pra cima pois sabia que não podia deixar na mão dos juízes. Além disso, tem o corte também. Não era pra ter parado a luta. Eu sou guerreiro, não é a primeira vez que me corto lutando”, disse o peso meio-médio. 
Apesar de contestar a atuação do árbitro, Vinícius garantiu que não pretende recorrer do resultado. “Eu tenho certeza que ele não me venceu ontem, ele não me nocauteou ou finalização. A luta estava equilibrada, mas já passou, o que eu quero agora é outra luta contra ele. Não interessa onde vai ser. Se for no Brasil, melhor ainda, mas não importa, eu quero provar pra ele que eu sou melhor que ele. Se não for a minha próxima luta, vai ser a seguinte. Eu vou lutar e vou desafiar, ele é meu foco na categoria”, garantiu.
Ainda durante o duelo, Vinícius reclamou muito que Fakhreddine estaria “valorizando” supostos golpes na região genital. O atleta e sua equipe alegam que pelo menos um dos chutes frontais não atingiu o libanês, que estaria tentando forçar a deducação de um ponto do rival, o que acabou acontecendo. Após a polêmica, Vinícius sofreu um corte profundo na cabeça e, devido ao sangramento abundante, foi impedido de continuar pelo médico responsável. Após o evento, o brasileiro precisou de quatro pontos no local do corte.
Com o revés, Vinícius agora tem um cartel de 8 vitórias e duas derrotas. Já Fakhreddine, campeão de duas categorias diferentes no Oriente Médio, melhorou seu histórico para 9 triunfos e somente um revés.
Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s