Com viaduto de Madureira lotado, Apocalipse precisa de pouco tempo para conquistar o cinturão

Pedrita, Perizinho e Carlos Juan também tiveram boas vitórias

Apocalipse com cinturão. Foto: Assessoria

A luta mais importante da 5ª edição do Festival de Lutas da Cufa foi também a mais rápida. Rafael Apocalipse só precisou de 43 segundos em cima do octógono para nocautear Tayron Pedro, conquistar o cinturão dos pesos galo (até 61kg) e fazer a festa das mais de duas mil pessoas, que compareceram ao viaduto de Madureira, na noite da última quinta-feira, 25 de maio.

Desde o início da luta, Apocalipse foi para cima do rival e encaixou uma boa sequência de socos em Tayron, que nada pôde fazer, a não ser espera a intervenção do árbitro. Apesar de surpreender o público com a rapidez que decidiu a luta, Rafael Apocalipse garantiu que estava preparado para esse momento.

Eu treino com os melhores do mundo. Então treino para isso, para acabar com a luta rápido, independente se for no alto ou no chão”, disse o atleta da Nova União depois da vitória.

No feminino, o destaque ficou por conta de Priscila Cachoeira, a Pedrita, que contava com bastante apoio do público e fez uma luta parecida com a de Rafael Apocalipse. Ela só ficou seis segundos a mais que o campeão da noite até nocautear, também por socos, sua oponente Karoline Mão de Pedra.

Uma luta que gerava bastante expectativa era o embate entre Lucas Perizinho e Walace Dantas, e os atletas não decepcionaram. No primeiro round Walace foi melhor, mas Perizinho, motivado por boa parte do Espaço Cufa gritando o seu nome, deu a volta por cima e nocauteou o rival com socos, mesmo dentro de sua guarda, e deixou o octógono pedindo que em sua próxima luta o cinturão esteja em jogo.

Outro combate que animou o público foi o dos pesos pesados. Carlos Juan e Júnior Dinamite fizeram uma luta franca, onde qualquer um dos​​ dois poderiam ter vencido no primeiro round. No segundo, após levar uma sequência de socos, Dinamite caiu desacordado e Carlos Juan saiu com a vitória. No próximo mês de julho, as emoções do FLC continuam com a sexta edição do evento, também em Madureira.

Priscila Pedrita comemora. Foto: Assessoria

Confira os resultados completos do FLC 5:

Rafael Apocalipse venceu Tayron Pedro por nocaute técnico aos 43s do 1R;

Priscila “Pedrita” Cachoeira venceu Karoline Mão de Pedra por nocaute técnico, aos 49s do 1R;

Carlos Juan venceu Júnior Dinamite por nocaute, aos 49s do 2R;

Aline Nery venceu Elaine Pantera por nocaute técnico, aos 2m50s do 2R;

Lucas Perizinho venceu Walace Dantas por nocaute técnico, aos 1m13s do 2R;

Neco Doutrinador venceu Adailton Silva por nocaute técnico; aos 2m39s do 1R;

Kleidison “KR” Souza venceu Bruno Mesquita por decisão unânime;

Gabriel Oliveira venceu João Gilberto por decisão unânime;

Wallace “The Warriors” Lopes venceu Vinicius “Brave Heart” Lessa por nocaute técnico, aos 3m05s do 1R;

Júnior Orelha venceu Harles Juvino por finalização, aos 2m10s do 1R;

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s