Em noite de grandes nocautes e finalizações, Búzio Fight Night define seu primeiro campeão

Com um show de estrutura e organização, o Búzios Fight Night trouxe uma proposta diferente ao juntar combates de MMA à transmissão ao vivo do combate de Boxe entre Floyd Mayeather Jr. vs Conor McGregor. Além de um show de música no fim dos combates.

O evento realizou no último  sábado (26) sua primeira edição na boate Luv, na charmosa orla Bardot, em Armação dos Búzios no Rio de Janeiro. Liderado por  Petterson Melo e Marco Chuck, o card contou com 12 superlutas que empolgaram o público que lotou o as dependências da boate Luv. O trabalho da organização na formação do card superou todas as expectativas dos fãs, que foram ao evento ou assistiram pela internet.

 

Juliney Mendes aplica nocaute brutal e recebe o carinho da torcida

Juliney foi conseguiu o nocaute da noite contra Junior Orelha. ( Foto: João Baptista)

Juliney Mendes, atleta  CTLA/Nova União,  mostrou todo seu poder de fogo já nos primeiros minutos de combate.  Encurtando e controlando a distância e conectando um cruzado de esquerda. Foi assim que o atleta desferiu um lindo highkick em cheio em seu adversário Junior Orelha, que caiu apagado, enquanto Juliney comemorava eufórico o reencontro com a vitória por nocaute.

 

Brasileiro absoluto no combate, vence argentino em luta internacional

Junior Luiz dominou do inicio ao fim o argentino Rodrigo “El Topo”. (Foto: João Baptista)

Na penúltima  luta do card, Junior Luiz enfrentou o argentino Rodrigo El Topo, no duelo internacional do evento. No primeiro round, Junior seguindo orientação de seus corners, a lenda do MMA mundial Pedro Rizzo e do mestre Laerte Barcelos, lançava bastante chutes nas pernas de El Topo que foi ao chão por várias vezes com a intençao de uma luta no solo, prontamente recusada. A luta pegou fogo quando os atletas passaram para trocação franca, mas sempre com domínio do pupilo de Pedro Rizzo.

O cenário seguiu da mesma forma nos rounds seguintes, com o brasileiro mantendo a luta em pé e aplicando boas sequências em Rodrigo El Topo. Ao fim, Junior foi anunciado vencedor do combate por decisão unânime.

 

Alexandre Cirne fatura cinturão com finalização e leva público ao delírio

A luta principal do Búzios Fight Night, colocou frente a frente o Henrique Souza, da equipe Team New Corpore e o lutador da CTLA / Nova União, Alexandre Cirne, em um duelo pelo cinturão peso galo. Vestido de Gladiador, Henrique chamou atenção em sua entrada para o combate, mas com a presença de sua torcida em massa nas dependências do evento e muito motivado, Cirne mostrou um ímpeto incontrolável e já nos minutos inicias dominou o centro do cage cercando Henrique. Logo após uma tentativa de queda de Henrique, Cirne conseguiu encaixar uma boa guilhotina e teve o trabalho de ajustar a finalização para pôr fim ao combate e conquistar sua 10ª vitória na carreira e o cinturão do evento. Ainda no cage, Cirne foi desafiado pelo atleta Paulo Roberto, e aceitou prontamente o combate sendo assim definida a primeira defesa de cinturão do atleta.

Cirne e Paulo Roberto em primeira encarada da defesa de cinturão. (Foto: João Baptista)

 

 

Búzios Fight Night
Boate Luv, Orla Bardot, Búzios (RJ)
Sabado, 26 de agosto de 2017

Gledson Blad (Rizzo RVT Saquarema) venceu  Emerson Samurai (Art Combat) por nocaute tecnico no 1º round

Moises Jamanta (TFT)  finalizou  Bruno Cardoso (CTLA/Nova União) com um mata leão no 1º round

Danilo da Silva (Relma)  venceu Gabriel Parangolé (CTLA/Nova União) por nocaute técnico no 3º round

Juliney Cardoso (CTLA/Nova União) venceu  Mário Júnior (Relma) por nocaute no 1º round

Victor Paçoca (TFT)  venceu Fernando Zerbone (CTLA/Nova União) na decisão unânime dos árbitros

Felipe Melo (Art Combat)  venceu Matheus Naccache (Nova União) por nocaute técnico no 2º round

Card Principal

Karol Rosa ( PRVT )  venceu Naiara Rodrigues (Eq. Rogério Siqueira JJ ) por desistência no 2º round

Paulo Roberto (Relma) venceu  Revilis Barcelos (CTLA) por nocaute técnico no 2º round

Lincoln Barbosa (Team New Corpore) venceu  Alan Soares (Relma) por nocaute técnico no 2º round

Júnior Luiz (Rizzo RVT) venceu Rodrigo “El Topo” Reynoso (Giudici Team) por decisão unanime

Disputando o cinturão                

Alexandre Cirne (CTLA / Nova União) finalizou  Henrique Souza (Team New Corpore) por guilhotina no 1º round

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s