Kaue Fernandes faz jus às expectativas e finaliza Evandro Alemão no Shooto 79

Lutador de 22 anos bateu Evandro Alemão na luta principal do Shooto Brasil 79, na noite deste domingo; cria de orfanato vizinho, Eliandro PQD aplica nocaute espetacular

Eliandro PQD protagonizou um nocaute espetacular diante de Paulo Cangaceiro
(Foto: João Baptista)

O Shooto Brasil fechou o ano de 2017 com chave de ouro. Depois de onze edições realizadas, a organização chegou a seu 79º show na noite deste domingo, dia 10, na Upper Arena, Zona Sul do Rio de Janeiro. Na luta principal da noite, Kaue Fernandes, apontado por José Aldo como uma das promessas da equipe Nova União, fez jus às expectativas e bateu Evandro Alemão por finalização. Aos 22 anos, o lutador engatou seu quatro triunfo na carreira. Outro destaque da noite foi o nocaute protagonizado por Eliandro PQD sobre Paulo Cangaceiro. Cria do orfanato vizinho a Upper Arena, o carioca foi muito festejado pelo público. O Shooto Brasil volta em 2018 com a previsão de realizar de 10 a 12 eventos ao longo do ano.

Uma das esperanças da nova geração da equipe Nova União, Kaue Fernandes entrou pra o duelo com Evandro Alemão com a responsabilidade de ter sido apontado por José Aldo com uma das promessas da equipe carioca. Com toda a torcida a seu favor, ele não decepcionou e mostrou muita técnica na luta em pé durante todo o primeiro round conectando bons golpes em Alemão. No segundo assalto, Kaue voltou decidido a colocar um ponto final no duelo, mas não foi em pé que o triunfo veio. Depois de receber uma queda e conseguir inverter a posição, o lutador encaixou uma chave de braço fatal, que fez Alemão dar os três tapinhas na hora. Fim de luta e mais uma vitória para aquele que deve ser um dos destaques da equipe Nova União nos próximos anos.

Aos 22 anos, o lutador é uma das promessas da equipe Nova União. (Foto: João Baptista)

O co-main event da noite foi protagonizado por Thiago Xavier e Wesley Targino. Em uma luta muito estudada, os dois só esquentaram o duelo no segundo round com Thiago tomando as rédeas e controlando a luta com boas quedas e um jogo de chão afiado, além de um ground and pound preciso. O terceiro round foi uma releitura do primeiro, com os dois aparentando cansaço e se estudando muito. Com uma boa defesa nas tentativas de queda de Wesley e trabalhando bem na meia guarda, Thiago novamente foi superior e garantiu o triunfo por unanimidade.

O Shooto Brasil 79 reservou um momento especial na noite deste domingo. Criado no orfanato Romão Duarte, vizinho a Upper Arena, Eliandro PQD fez a festa do público presente. Totalmente em casa e muito aplaudido pela galera, ele protagonizou um nocaute espetacular sobre Paulo Cangaceiro. Ainda no round inicial, PQD conectou um cruzado de esquerda que fez o seu oponente cair já apagado. Vitória, festa da torcida e mais uma daquelas histórias que só o esporte pode proporcionar. Outra atleta muito festejada pelo público foi Geisa Veloso. Moradora do Morro Azul, também vizinho a Upper Arena, Geisa não teve problemas para encaixar um belo mata-leão sobre Jamile Farias ainda no primeiro assalto e engatar mais uma vitória na carreira.

O combate feminino entre Marina Rodriguez e Amanda Torres foi uma verdadeira batalha. Com as duas atletas demonstrando muita raça e vigor físico, o público viu um show de troçação e disposição. No final dos três rounds melhor para Marina, que venceu por decisão unânime dos juízes. As duas foram muito aplaudidas ao final do embate. O duelo entre Pedro Wilson e Denilson Oliveira também empolgou os presentes a Upper Arena. Mas diferente do combate feminino o equilíbrio não imperou. Denilson controlou os três rounds e foi muito superior a Wilson para vencer por decisão unânime. Na luta amadora que abriu o evento, Mike Davidson dominou o estreante Jean da Silva e venceu por nocaute no segundo round.

Kaue Fernandes finalizou Evandro Alemão na luta principal da noite
(Foto: João Baptista)

Shooto Brasil 79 – Resultados oficiais

Kaue Fernandes finalizou Evandro Alemão com uma chave de braço a 1min e 36seg do segundo round
Thiago Xavier venceu Wesley Targino por decisão unânime
Marina Rodriguez venceu Amanda Torres por decisão unânime
Denilson Oliveira venceu Pedro Wilson por decisão unânime
Eliandro PQD venceu Paulo Cangaceiro por nocaute a 1min e 22seg do primeiro round
Geisa Veloso finalizou Jamile Farias com um mata-leão ao 4min e 13seg do primeiro round
Mike Davidson venceu Jean da Silva por nocaute técnico a 1min e 24seg do segundo round

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s