Em vitória histórica, Miocic entra para a lista de maiores pesos-pesados do MMA

Norte-americano se tornou o primeiro a defender três vezes seguidas título da divisão no UFC

(Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

A noite do último sábado foi histórica para Stipe Miocic, mas também para toda a divisão dos pesos-pesados do UFC.

Com a vitória por decisão unânime sobre Francis Ngannou na luta principal do UFC 220, o norte-americano de 35 anos se tornou o primeiro lutador na história da categoria a defender o título em três oportunidades consecutivas.

Miocic ultrapassou nomes como Randy Couture, Tim Sylvia, Brock Lesnar e Cain Velasquez, ex-campeões que haviam feito duas defesas de cinturão seguidas cada.

A marca imediatamente levantou a questão: estaria Miocic entre os maiores pesos-pesados de todos os tempos?

Além do recorde, Stipe tem outros bons argumentos a seu favor: ele soma atualmente seis vitórias consecutivas, maior sequência invicta ativa na categoria; possui vitórias sobre três ex-campeões (Junior dos Santos, Fabricio Werdum, Andrei Arlovski) e outros três ex-desafiantes (Alistair Overeem, Mark Hunt, Gabriel Gonzaga); tem 12 vitórias no octógono, sendo oito por nocaute, números que também se aproximam dos recordes da categoria (16 e 10, respectivamente).

E não são apenas os números que jogam a favor do campeão na discussão. Miocic representa um novo tipo de peso-pesado, em um momento de reciclagem da categoria: ele tem um boxe extremamente técnico (campeão Golden Gloves em Cleveland), é excepcionalmente rápido para o peso (111,5kg no UFC 220), tem um wrestling de primeira linha (1ª divisão da NCAA na Cleveland University), e um condicionamento físico privilegiado, como demonstrado no duelo contra Ngannou.

Soma-se a isso o fato de já ter superado quatro dos cinco primeiros colocados no ranking dos pesos-pesados atualmente, e é possível imaginar Stipe Miocic criando uma dinastia na categoria. De qualquer forma, está na hora de mencionarmos o nome do atual campeão ao falarmos sobre os grandes pesos-pesados da história do MMA

Confira todos os resultados do UFC 220:

Stipe Miocic venceu Francis Ngannou por decisão unânime (50-44, 50-44, 50-44);

Daniel Cormier venceu Volkan Oezdemir por nocaute técnico aos 2m00s do 2º round;

Calvin Kattar venceu Shane Burgos por nocaute técnico aos 32s do 3º round;

Gian Villante venceu Francimar Barroso por decisão dividida (30-27, 28-29, 30-27);

Rob Font venceu Thomas Almeida por nocaute técnico aos 2m24s do 2º round;

Kyle Bochniak venceu Brandon Davis por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27);

Abdul Razak Alhassan venceu Sabah Homasi por nocaute aos 3m47s do 1º round;

Dustin Ortiz venceu Alexandre Pantoja por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Julio Arce venceu Dan Ige por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28);

Enrique Barzola venceu Matt Bessette por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28);

Islam Makhachev venceu Gleison Tibau por nocaute aos 57s do 1º round.

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s