Petros Cabelinho fatura Super 8 Challenger GP e é o novo desafiante dos meio-médios WGP #49

Curitibano vence Luis Francischinelli na final em duelo de gigantes e fatura título do inédito GP de oito lutadores nesta sexta-feira, em Guarapuava; anfitrião Bruno Cerutti bate francês e faz a festa da torcida

Petros Freitas. (Foto:Divulgação/WGP)

A promessa de fazer um show para entrar para a história do WGP Kickboxing se concretizou. Pela primeira vez realizando um Challenger GP de oito lutadores, o evento de número 49, em Guarapuava, nesta sexta-feira, dia 28, fez jus às expectativas. E o grande vencedor da noite foi o curitibano Petros Cabelinho, que venceu Enzo Sanchez e Luis Francischinelli e contou com a sorte de avançar direto para a final devido a lesão de seus dois possíveis adversários nas semifinais, para vencer o GP dos meio-médios (até 71,8kg) e se garantir como próximo desafiante ao cinturão, atualmente com Bruno Gazani. Outros destaques da noite foram a vitória de Bruno Cerutti sobre o francês Thibault Marino no co-main event da noite e o nocautaço de Maycon Silva sobre Nattan Novak em uma das superfights. Agora o WGP desembarca em São Bernardo do Campo, São Paulo, para sua edição especial de número 50 em uma noite com três títulos em jogo. O evento acontece no dia 27 de outubro.

Petros bate Francischinelli na final em duelo de gigantes e leva título

O inédito GP de oito lutadores prometia grandes emoções na noite desta sexta-feira. E foi isso que se viu no ringue. Luis Francischinelli já abriu as quartas de finais em grande estilo, com um nocaute ainda no round inicial sobre Daniel Dias. Logo depois o chileno Sebastian Corral despachou Tiago Queiroz na decisão dos juízes, fechando a primeira semifinal do GP. Na outra chave Eliezer Silva e Maykol Yurk fizeram um duelo insano, decidido no round extra com vitória para Eliezer por unanimidade. E na última das quartas de finais Petros Cabelinho não teve dificuldades para despachar o argentino Enzo Sanchez por nocaute.

Com as semifinais definidas, a expectativa do público só aumentava. Luis Francischinelli e Sebastian Corral foram os primeiros a entrar no ringue e o embate durou menos do que se esperava. Aproveitando-se da grande envergadura, Luis não demorou para encaixar uma linda joelhada, ainda no primeiro round, e nocautear o chileno. Já garantido na final, o lutador de Itu-SP viu seu adversário ser decidido de outra forma. Eliezer Silva iria encarar Petros Cabelinho, mas foi vetado pela comissão médica. No seu lugar entraria Mateus Gatti, vencedor da luta reserva do GP, mas ele também foi vetado pelo médicos, então Petros avançou direto para enfrentar Luis Francischinelli na final.

Protagonistas da grande final, Francischinelli e Cabelinho poderiam facilmente ser confundidos por quem não é tão familiarizado com os dois. Além da envergadura expressiva e o mesmo estilo de cabelo, ambos usavam a mesma roupa. E o que se viu dentro do ringue foi, também, muita semelhança com bastante equilíbrio no round inicial. Apesar da leve vantagem para Petros, que encaixou bons golpes. No segundo round Petros colocou mais pressão, empurrando Luis para as grades e levando vantagem novamente. Já no round final, os dois atletas sentiram o cansaço e mesmo com uma leve melhora de Francischinelli quem levou a melhor foi Petros Cabelinho por unanimidade, conquistando o Challenger GP e se garantindo como desafiante da categoria dos meio-médios.

Cerutti levanta torcida e Maycon Silva protagoniza nocaute assustador

Bruno Cerutti e Thibault Marino fizeram jus às expectativas de um co-main event recheado de emoções. Apesar do início equilibrado, Bruno foi melhor no primeiro round após encaixar uma joelhada na linha de cintura que levou o francês à lona. No assalto seguinte, Bruno seguiu trabalhando bem o boxe, enquanto Marino apostava nos contra ataques. O anfitrião seguia melhor, enquanto Marino levava perigo nos chutes e joelhadas. No terceiro round mais um knockdown decretou a vitória do brasileiro por decisão unânime.

Nattan Novak e Maycon Silva fizeram um combate muito intenso, com um desfecho espetacular. Maycon protagonizou o nocaute do noite ao acertar uma pedrada de esquerda no rosto de Novak durante o segundo round. O atleta de Guarapuava já caiu nocauteado e inconsciente.  Outro duelo que chamou muita atenção foi entre o experiente Eduardo Borba e Guilherme Jab. Com uma atuação consistente e três knockdowns conectados ao longo dos três rounds, Borba foi o vencedor por nocaute.

Jhonatan Leuch e Rafael Sanches fizeram mais uma Super Fight no WGP 49. Em um duelo muito equilibrado no início, prevaleceu a pressão e o volume de golpes de Sanches, que venceu por unanimidade. Outro embate bem animado foi a luta reserva do Challenger GP entre Mateus Gatti e Renan Altamiro. Mateus dominou os três rounds e fez a festa da torcida ao vencer por decisão unânime. O parte triste é que o lutador seria o substituto de Eliezer Silva na semifinal do GP diante de Petros Cabelinho, mas os médicos vetaram sua participação após avaliação depois da luta com Renan. No Undercard os destaques foram Kauan Americano, Felipe Munhoz e Alessandro Oliveira.

WGP #49 – Resultados oficiais

Main Card

Petros Freitas venceu Luis Francischinelli por decisão unânime

Bruno Cerutti venceu Thibault Marino por decisão unânime

Maycon Silva venceu Nattan Novak por nocaute no segundo round

Luis Francischinelli venceu Sebastian Corral por nocaute no primeiro round

Eduardo Borba venceu Guilherme Antunes por nocaute no segundo round

Rafael Sanches venceu Jhonatan Leuch por decisão unânime

Mateus Gatti venceu Renan Altamiro por decisão unânime

Petros Freitas venceu Enzo Sánchez por nocaute no primeiro round

Eliezer Silva venceu Maykol Yurk por decisão unânime

Sebastian Corral venceu Tiago Queiroz por decisão dividida

Luis Francischinelli venceu Daniel Dias por nocaute no primeiro round

Undercard

Leonardo Diniz venceu Ahlan Yoschida por decisão dividida

Alessandro Oliveira venceu por nocaute no primeiro round

Leandro da Veiga venceu Henrique ‘Sorriso’ por decisão unânime

Felipe Munhoz venceu Fabio Dridik por nocaute no primeiro round

Kauan Americano venceu Matheus Monteiro por nocaute no segundo round

 

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.