Rafael “Coxinha” vence Carlos “Mistoca” na luta principal do Future FC

Por Léo Frias
Aconteceu no último dia 25, no Clube 9 de Julho, em Indaiatuba, São Paulo, a primeira edição do Future FC, evento inovador que promete se firmar no cenário nacional. A primeira edição do evento contou com 10 lutas profissionais de altíssimo nível.

Rafael “Coxinha”

Na luta principal do Future FC 1, Rafael “Coxinha” dominou as ações desde o início do combate e, no início do segundo round, após aplicar bela cotovelada de encontro, partiu para o ground and pound e nocauteou o ex-TUF Carlos “Mistoca”.
No co-main event, o atleta local Gustavo Erak não tomou conhecimento de Diego Fortunato. Erak, ex-atleta do LFA, venceu por nocaute técnico após conseguir um knockdown e aplicar socos em seu adversário, obrigando o árbitro central a interromper a luta.
Outro duelo bastante esperado foi o de Caionã “Blade” (atual campeão peso-galo do WOCS) contra o veterano kickboxer Paulo Pizzo, porém o desfecho foi o pior possível para lutadores e espectadores. Ainda no primeiro round de luta, Caionã acertou, de forma acidental, o dedo no olho de Paulo Pizzo, o que obrigou a equipe médica a encerrar a luta. O duelo terminou sem resultado (no contest).
Acácio “Pequeno” venceu Matheus “Buffa” por decisão dividida após reviravolta no duelo. Acácio quase foi nocauteado no início do combate, mas recuperou-se e venceu ao fim dos três rounds na opinião dos árbitros laterais. A performance dos atletas rendeu aos dois o bônus de luta da noite.
Abrindo o card principal, Adriano Ramos venceu Vinícius “Prego Lok Dog” após nocaute brutal. Em luta de boa movimentação dos dois atletas, Adrianinho, que não costuma desperdiçar golpes, aplicou belo cruzado na ponta do queixo de Lok Dog, que já caiu nocauteado com pouco mais de um minuto de luta. A performance rendeu a Adrianinho o bônus de nocaute da noite. Ao fim do duelo, Adriano se mostrou empolgado por uma nova oportunidade em breve.
Já no card preliminar do evento, os destaques ficaram por conta do nocaute relâmpago de Léo Alves sobre William Valentim, que rendeu o bônus de lutador da noite para Léo, e para a finalização de Heloísa Azevedo sobre Alana Sousa, na luta feminina da noite.

Adriano Ramos

FUTURE FC 1
CLUBE 9 DE JULHO – INDAIATUBA (SP)
Sexta-feira, 25 de janeiro de 2019
CARD PRINCIPAL
Rafael “Coxinha” derrotou Carlos “Mistoca” por nocaute técnico aos 32s do segundo round
Gustavo Erak derrotou Diego Fortunato por nocaute técnico aos 4min e 11s do primeiro round
Caionã “Blade” e Paulo Pizzo foi declarada sem resultado (no contest)
Edson “Pânico” derrotou Alan “Bizão” Franci por nocaute técnico aos 3min e 19s do primeiro round
Acácio “Pequeno” derrotou Matheus “Buffa” por decisão dividida
Adriano Ramos derrotou Vinicius “Prego Lok Dog” por nocaute a 1min e 36s do primeiro round
CARD PRELIMINAR
Leonardo “Léo” Alves derrotou Willian Valentim por nocaute técnico aos 19s do primeiro round
Danilo Adreani derrotou Kaique “Lyotinho” Matsunaga por decisão unânime
Heloísa Azevedo derrotou Alana Sousa por finalização a 1min e 30s do primeiro round
Thiago “TKS” derrotou Pedro “Esfirrão” por decisão unânime
Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.