Felipe Froes disputa cinturão na Rússia em outubro sonhando com o UFC

Com 22 lutas profissionais em oito anos de carreira, o paraense  Felipe Froes vai embarcar para a Grozny, Rússia,  para disputar o tão desejado cinturão dos penas do ACA (Absolute Championship Akhmat). Ele enfrenta o russo Salman Zhamaldaev  em outubro, o atual campeão ostenta um cartel de 18 lutas, sendo apenas uma derrota dentre elas, uma vitória pode render a contratação do brasileiro por organizações internacionais como o Bellator ou até mesmo o UFC, além é claro do cinturão do evento Russo.

 

A luta será nos pesos penas, na categoria ate 65 quilos e o paraense de Ananindeua, se diz animado com o desafio, apesar saber das dificuldades que têm pela frente.

Felipe faz parte dos campings de José Aldo, um dos maiores lutadores de MMA do Brasil.

O atleta da Nova União, equipe carioca, já atuou 6 vezes na organização russa, sendo 4 pelo antigo WFCA e 2 pela nova organização ACA. Felipe antes de ir para os eventos das terras geladas da Europa, conquistou o cinturão do Shooto Brasil, evento que o impulsionou o lutador para o show internacional da Rússia  . Ele é treinado por André Pederneiras, considerado pela imprensa especializada, um dos melhores treinadores de MMA do mundo. Em alguns sites especializados o russo, de 30 anos de idade, é considerado favorito. Ele além de ser o dono do cinturão vem de 17 lutas sem perder, o lutador apenas perdeu em sua estreia no MMA profissional. Já o brasileiro tem 27 anos e tem 2 vitórias seguidas nas 2 edições do novo evento.

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.