Lutador de MMA muda para os EUA e elogia estrutura de trabalho no país

Inclua Diego “Magrinho” Silva na lista de lutadores que deixaram o Brasil à procura de melhor estrutura de treinamento. O peso-galo se mudou para os EUA, mas especificamente Orlando, Flórida, onde se juntou à Fusion X-Cel Performance, mesma academia que abriga Ronaldo Jacaré, e conta com nomes como Mike Perry, o ex-UFC Alex Nicholson e o veterano Jorge Patino “Macaco”.

(Foto: Arquivo Pessoal)

  • Mandei uma mensagem para o Julien Williams( Treinador da equipe) mostrando meu cartel e contando meu sonho de lutar no UFC, ele sem pensar duas vezes,  me mandou vir – contou Magrinho a Psicóticos por VT.

Em 2018 o lutador carioca seguiu viagem para os USA (“Cheguei com 50 dólares e sem falar inglês.”, diz). A estrutura lá é bem diferente da que ele tinha no Rio, onde tinha de dividir suas atividades entre múltiplas academias.

(Foto: Arquivo Pessoal)

  • Tem massoterapeuta pra todo mundo lá, tem piscina pra fazer banho de gelo, tem tudo que uma academia profissional tem que ter. Não é igual no Brasil: a gente tem bastante vontade, mas pouca estrutura. – enumerou dentre outras coisas.

No entanto, apesar de ter se juntado à legião de lutadores brasileiros que migrou para os EUA, Magrinho não acha que seja absolutamente primordial sair do país para se ter estrutura e treinamento de qualidade no Brasil.

 

  • O que falta mais é a equipe ter mais consciência e ter um head coach. O que falta no Brasil é ter mais um head coach, o que vai mandar em todos os schedules (programação) de treinamento da equipe, que vai acompanhar o treinamento de muay Thai, de wrestling, do jiu-jítsu. Falta essa pessoa para equilibrar isso aí, porque às vezes um treinador quer puxar mais que o outro, machucando o atleta, que já fez treino pesado de manhã; aí à tarde bota pra fazer outro treino, mais pesado ainda. À noite, ele vai fazer preparação física e o cara quer arrancar o couro dele. O cara não consegue voltar para treinar no outro dia.

O lutador nos contou que os treinos nos USA tem dado uma grande guinada em sua carreira. Lutando na terra do Tio San, ele venceu 2 lutas e obteve apenas um revés, lutando contra o ex UFC  Russel Doane.

O casca grossa Brasileiro conta que tem grandes expectativas para 2020, onde grandes novidade em sua carreira podem surgir.

(Foto: Arquivo Pessoal)

2 comentários sobre “Lutador de MMA muda para os EUA e elogia estrutura de trabalho no país

  1. É um atleta operário das artes marciais, que labuta todos os dias para crescer em sua categoria e melhor dentro do esporte. eu sou fã dese cara que teve a coragem de sair do interior do RIO DE JANEIRO e ir buscar seu sonho fora dos pais em uma das mais conciderada equipe do mundo, e se os caras abraçaram ele lá é porque viram potencial, para Diego Silva, parabéns psicóticos pela matéria, oss.

    Curtir

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.