Leonardo Limberger e Jamil Silveira se encaram na luta principal

Pesagem aconteceu nesta sexta-feira e Silveira não bateu peso da categoria sendo multado em 20% da bolsa; Ingressos ainda estão à venda

Leonardo Limberguer e Jamil Silveira fazem duelo principal da noite no Shooto 55

Leonardo Limberguer e Jamil Silveira fazem duelo principal da noite no Shooto 55 / Foto: Felipe Fiorito

Quando iniciaram nas artes marciais, os protagonistas da luta principal do Shooto Brasil 55 estavam a 4.100km de distância um do outro. Nesta sexta-feira, dia 26 de junho, o gaúcho Leonardo Limberger e o cearense Jamil Silveira ficarão frente a frente no cage montado no Clube Hebraica Rio, no bairro de Laranjeiras, Zona Sul do Rio de Janeiro, com o sonho de brilharem no MMA. Pupilo de Pedro Rizzo, Limberger treina e mora na capital do estado, na Rizzo Vale-Tudo, e pesou abaixo do limite da categoria peso-pena (até 66,2kg), enquanto Silveira viajou de Fortaleza para enfrenta-lo e bateu 68,1kg, sofrendo uma multa de 20% da bolsa após acordo entre as duas partes.

O card do Shooto Brasil 55 conta com outros 13 duelos e terá transmissão ao vivo do Canal Combate a partir de 20h (horário de Brasília). Com exceção de Jamil Silveira, todos os demais atletas bateram os pesos de suas categorias e estão aptos a lutarem. Os ingressos ainda estão disponíveis para compra na academia Upper, localizada na Rua Marquês de Abrantes, nº 96, no bairro do Flamengo, Zona Sul do Rio de Janeiro, no valor de R$ 100,00.

Os atletas Matheus Malta da DTM Team e Adailton Silva da Baixinho Team terá grande batalhas pela frente contra Murilo Marques e Klinger Pinheiro respectivamente.

Os atletas Matheus Malta da DTM Team e Adailton Silva da Baixinho Team terá grande batalhas pela frente contra Murilo Marques e Klinger Pinheiro respectivamente.

Duelo Sul x Nordeste

Com apenas 20 anos, cartel de seis vitórias e uma derrota, o gaúcho de Porto Alegre Leonardo Limberger faz sua estreia no Shooto Brasil. O atleta, que iniciou a carreira no jiu-jitsu antes de migrar para o boxe, muay thai e MMA, chegou ao Rio de Janeiro há oito meses em busca do sonho de participar do reality show do UFC The Ultimate Fighter Brasil 4. Após passar por diversas seletivas e ficar entre os vinte selecionados de sua categoria, acabou sendo eliminado na fase final.

A tentativa de entrar no programa e as amizades criadas nos bastidores da seletiva fez com que Limberger conhecesse o ex-lutador Pedro Rizzo, que inaugurou no fim do ano passado sua academia na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Rizzo o convidou para se mudar para o Rio de Janeiro e o gaúcho não pensou duas vezes em trocar o conforto de Porto Alegre para fazer da Rizzo RVT sua nova casa, já que agora mora dentro do CT.

“Considero o Pedro como um pai, ele me recebeu como um filho mesmo aqui no Rio, além de me dar abrigo aqui na academia com um quarto só para mim, me ajuda com toda a parte de suplementação, deslocamento e tudo que preciso aqui na cidade. Sou muito grato por tudo isso e confio muito nele também como treinador”, afirma Leonardo, comentando ainda o que conhece sobre seu adversário desta sexta-feira. “Tive pouco tempo para estudar sobre ele, mas sei que é um atleta muito experiente e que tem o muay thai como seu forte. Espero que ele não negue suas origens e façamos uma grande luta, porque vou para a trocação também”.

Ao contrário de seu adversário, Jamil Silveira possui uma longa estrada no MMA. Aos 28 anos, o cearense compete profissionalmente desde 2003, quando tinha apenas 16 anos. Com 42 vitórias no currículo, Jamil vai para sua sétima luta no Shooto Brasil. Membro da Dragon Fight, de Fortaleza, uma das equipes filiadas à Nova União, o atleta tem como inspiração um dos grandes nomes da equipe comandada por Dedé Pederneiras: Marlon Sandro, a quem Jamil inclusive homenageou com uma tatuagem de um gladiador nas costas, em alusão ao apelido do amigo. Dentro do cage, Silveira não perde há dez lutas, desde 2012, e faz seu primeiro combate principal do Shooto.

“As expectativas para essa luta são as melhores possíveis. Eu respeito muito todos os meus adversários e com o Leonardo não é diferente, mas acredito que ele nunca enfrentou um cara tão forte quanto eu. Sei que ele também é um striker, comandado pelo Pedro Rizzo e tenho que respeitar isso. Quero entrar para pressionar e tentar vencer antes do terceiro round. E sinto também que apesar dele treinar no Rio, o apoio da galera vai ser para mim porque também represento a família Nova União. Conto com a torcida de todos”, afirma o lutador.

A noite ainda conta com um arsenal de jovens lutadores em busca de espaço no cenário nacional. Na co-luta principal do Shooto Brasil 55, na categoria até 77,5kg, o representante da Kimura Nova União Joel Soares encara Fabio Ventura, da Rio Fighters, equipe comandada por Miltinho Vieira. Michael Willian e Alexandre Cirne fazem os outros dois principais duelos do card, diante de Irmeson Oliveira e José Miltinho, respectivamente.

Shotoo Brasil 55

Data: Sexta-feira, 26 de junho de 2015
Horário: 20h (Ao vivo no Canal Combate)
Local: Clube Hebraica Rio
Endereço: Rua das Laranjeiras 346 – Laranjeiras, Rio de Janeiro
Venda de Ingressos: Academia Upper – Rua Marques de Abrantes, 96 – Flamengo/RJ

Card Completo

Até 66,1kg: Leonardo Limberger (65,8kg) (Rizzo RVT) x Jamil Silveira** (68,1kg) (Dragon Fight / Nova União)
Até 77,5kg: Joel Soares (77,1kg) (Nova União) x Fábio Ventura (77kg) (Rio Fighters)
Até 61,6kg: Irmeson Oliveira (57,1kg) (Evolução Thai) x Michael William (57,1kg) (Dragon Fight / Nova União)
Até 61,6kg: Alexandre Cirne (61,3kg) (Nova União) x José Milton (60,8kg) (Baixinho Team)
Até 61,6kg: Thiago “Bananinha” Melo (61,3kg) (Nova União) x Jones Murilo (61,6kg) (X-Gym)
Até 57,1kg: Jiraya Pereira (57kg) (Nova União) x Leonardo Moura (56,4kg) (PRVT)
Até 57,1kg: Klinger Pinheiro (56,2kg) (Nova União) x Adailton Silva (57,1kg) (Baixinho Team)
Até 52,5kg: Jhonata Silva (52,1kg) (Nova União) x Danilo Gomes (51,6kg) (Pejor)
Até 57,1kg: Rafael Macapá (57,1kg) (Nova União) x Ronald Castro (57kg) (X-Gym)
Até 68kg*: Rafael Bernardo (67,9kg) (Nova União) x Marcos Nenê (67,1kg) (Baixinho Team)
Até 57,1kg: Cleverson Carrilho (57,1kg) (Nova União) x Elvis Batista (57,1kg) (RFT)
Até 57,1kg: Victor Sombra (57,1kg) (Nova União) x Bruno Polegar (56,9kg) (X-Gym)
Até 57,1kg: Murilo Marques (56,9kg) (Nova União) x Matheus Malta (56,8kg) (Diogo Tavares)
Até 61,6kg: Daniel Hortegas (61,3kg) (Rio Fighters) x Victor Siqueira (61,6kg) (Nova União)

*Peso combinado
** O atleta não atingiu o limite da categoria e foi multado em 20% da bolsa, repassada ao adversário

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s