Thales Morais: do tráfico de drogas e dos assaltos para o Rei da Selva 6

Ele foi apreendido quatro vezes por tráfico de drogas e assaltos na adolescência, mas deu a volta por cima e hoje é um dos astros do Rei da Selva Combat 6, evento de MMA que promete agitar o ginásio da Faculdade Estácio (avenida Constantino Nery, em Manaus), no dia 5 de dezembro, a partir das 19h30. O carioca Thales Morais, de apenas 18 anos, é a prova de que o esporte é uma filosofia de vida.

Amazon Talent - Thales Morais vence Leo do Bronx - foto 5 - by Emanuel Mendes Siqueira

Amazon Talent – Thales Morais vence Leo do Bronx – foto 5 – by Emanuel Mendes Siqueira

 A história do atleta da academia Ducks Team Manaus é digna de um roteiro de cinema. Thales teve uma infância sofrida e não conheceu os pais. Foi adotado aos três anos. Ainda criança, se mudou com a nova família para São Paulo e, na “selva de pedra”, foi vítima das más influências. Como milhões de jovens do Brasil, caiu na marginalidade.

“Fui internado quatro vezes na Febem (atual Fundação Casa) por crimes como tráfico de drogas e assaltos. Sofri muito, pois perdi três anos e dois meses da minha vida pagando pelos meus erros. Depois que saí de lá ainda sofri preconceito, mas hoje isso é página virada”, conta o lutador, tentando passar a borracha no triste passado.

  CONHEÇA SPORT BLOCK OS MELHORES PROTETORES BUCAIS

Esperança na nobre arte…

O grande salto para frente aconteceu em 2014, quando professor paulista Luís Cardoso viu em Thales um biotipo talhado para o boxe. O ex-interno da Febem, que tem 1,88m de altura e 76 kg, deixou o crime no corner. Virou atleta e no Campeonato Brasileiro de 2014 impressionou o renomado técnico Carlos Fiola, que trouxe a joia para ser lapidada sob sua tutela, em Manaus.

“O Thales é um garoto fantástico que só precisava de uma oportunidade. É um talento no boxe e tem muito futuro no esporte”, declara Fiola, com a experiência de ter trabalhado com campeões mundiais e olímpicos em Cuba.

Atualmente, Thales mora e treina na Vila Olímpica de Manaus. A entrada no competitivo mundo do MMA aconteceu pela amizade com o lutador Robert “Pato” Fonseca, amazonense que compete no World Series of Fighting (WSOF, nos Estados Unidos).

Estreia gloriosa…

Como num filme, a primeira luta de Thales no MMA foi espetacular. Num combate digno de UFC, Thales fez a luta da noite Amazon Talent 2 ao vencer o amazonense Leo do Bronx (Nova União Alvorada 1/Dindô X-Fight), em duelo válido pelo card principal. O evento aconteceu Sport Bar no dia 27 de agosto, em Manaus.

Rei da Selva 6 - Thales Morais x Genésio Adryan - peso pena

Rei da Selva 6 – Thales Morais x Genésio Adryan – peso pena

Competidores do peso leve (até 70 kg), Thales e Leo levantaram a torcida presente com uma apresentação eletrizante que juntou as mais refinadas técnicas de Artes Marciais Mistas. Com Carlos Fiola no corner, Thales mostrou como um atleta de MMA pode aplicar a nobre arte no octógono.

O primeiro round foi cheio de emoção. Tirando proveito da maior envergadura, Thales começou dominando com jabs e cruzados certeiros no rosto do adversário, mas Leo resistiu e partiu para a trocação franca, contra-atacando com chutes altos certeiros. O carioca, porém, manteve o equilíbrio e fechou o assalto em vantagem.

No segundo round da peleja, Leo foi para cima e conseguiu aplicar um knockdown em Thales, que no chão acabou revertendo a posição e mostrou também sua técnica apurada no jiu-jítsu, fechando o combate com uma finalização em guilhotina a 1 minuto e 25 segundos.

➡  CURTA PSICÓTICOS POR VT NO FACEBOOK

Próximo desafio

 

A vitória garantiu Thales no Rei da Selva 6, um dos maiores eventos da Região Norte. No dia 5 de dezembro, ele vai enfrentar Genésio Adryan (MBJ/SV Team), desta vez pela categoria pena (até 66 kg).

“Estou bem preparado para aproveitar essa oportunidade que é lutar o Rei da Selva. Quero dar show para o público e mostrar que o meu boxe, o meu jiu-jítsu e o meu wrestling estão afiados”, encerra Thales, com a esperança renovada de dias melhores nos octógonos.

Ingressos

A expectativa é que o Rei da Selva 6 reúna um público entre 2.000 a 2.500 amantes do MMA. Os ingressos custam R$ 30 (arquibancada) e R$ 50 (cadeiras). Podem ser comprados em quatro lojas da Body Muscle Suplementos (academias Livre da Avenida das Torres e Cidade Nova, Plaza Shopping e Campos Elíseos). Informações e reservas: (92) 98175-9845.

CARD (atualizado em 23 nov 2015)

 

Main event:

Até 66 kg (pena) – Joaquim Polônia (Cristiano Mascarenhas MMA) x Wagner “Peão” Noronha (Monteiro)

 

Co-main event:

Até 61 kg (galo) – Diego Davella (CTT/SD System) x Manoel Moreira (Irmandade Fight Team-TO)

Demais combates:

 

Até 70 kg (leve) – Fernando Cachorrão (Show Time) x Herbert Matagal (DGT Coari/Izaías Cunha)

Até 61 kg (galo) – Marcelinho Almeida (Team Cardoso) x Thiago Belo (Alfa)

Até 57 kg (mosca) – Luiz Guerreiro (MPBJJ/Nova União) x Leandro Lima (Orley Lobato/Império)

Até 57 kg – Rafael Dias (SD System/Checkmat) x Clebenilson “Piolho” Silva (Irmandade Fight Team-TO)

Até 61 kg – Max Douglas (SD System/Checkmat) x Sérgio Ribeiro (MPBJJ/Nova União)

Até 77 kg – Leandro Moreira (SD System/Checkmat) x Gaudêncio Grandão (Amazon Combat Team)

Até 66 kg – Thales Morais (Ducks Team) x Genésio Adryan (MBJ/SV Team)

 

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s