Show de nocautes e finalizações no Amazon Talent 4

A quarta edição do Amazon Talent foi marcada por seis nocautes técnicos, dois nocautes avassaladores e duas finalizações. Na luta principal do evento realizado na noite de quinta-feira, 10 de março, no Sport Bar do Vieiralves, em Manaus, o peso leve Victor Castro (Kratos Top Team) mostrou toda sua técnica ao finalizar o até então invicto Sotero Neto (SFT) com um leg lock aos 2 minutos e 25 segundos do primeiro round.

Luta principal - Victor Castro vence Sotero Neto - foto 1 - by Michael Dantas - Emanuel Sports & Marketing

Luta principal – Victor Castro vence Sotero Neto – foto 1 – by Michael Dantas – Emanuel Sports & Marketing

➡ CONHEÇA SPORT BLOCK OS MELHORES PROTETORES BUCAIS

“Estava pronto para a luta em pé ou chão. Como tudo se desenrolou no solo mostrei o bom trabalho que venho desenvolvendo nos treinos com o professor Orlean Smith (líder da Kratos Top Team). Essa vitória é de toda a minha equipe, da família, dos amigos e da Força Tática da PM”, exaltou Victor, que é policial militar do programa Ronda nos Bairros.

Muay thai afiado…

Na co-luta principal do evento, uma aula de muay thai com dois nomes que honram essa arte marcial no Amazonas. Com o renomado professor Dídimo Neto no corner, o talentoso Bruno Quintanilha (Champions Factory) venceu Genésio Adryan (SV Team/Nova União) por nocaute com uma joelhada voadora, aos 4 minutos e 55 segundos do segundo round.

➡ ARM LOCK MARICÁ A MELHOR FIGHT WEAR !

Caio Roberto homenageia o pai…

Outro combate digno de registro foi o único da categoria até 52 kg (palha) no Amazon Talent 4. Promessa do MMA da Zona Norte de Manaus, Caio Roberto (SD System/Checkmat) transformou Sebastião Ligeirinho (Stetic Fight) em passageiro da agonia com um nocaute avassalador aos 2 minutos e 45 segundos do primeiro round.

“Dedico essa vitória ao meu pai (Roberto Gonzaga, saudoso líder comunitário do bairro Amazonino Mendes), que faleceu ano passado e era para estar aqui comigo”, afirmou o campeão, emocionado.

 

Luta 9 - Bruno Quintanilha nocauteia Genésio Adryan - foto 1 - by Michael Dantas - Emanuel Sports & Marketing

Luta 9 – Bruno Quintanilha nocauteia Genésio Adryan – foto 1 – by Michael Dantas – Emanuel Sports & Marketing

➡ CURTA PSICÓTICOS POR VT NO FACEBOOK

Jackson Salles, o ‘Coração Valente’…

Na peleja que levantou a galera, o raçudo Jackson Salles (CT X-Fight/Dindô/Nova União) venceu Rodolfo Santos (Monsters S.A./ Sérgio Alves Jiu-Jítsu) por nocaute técnico aos 3min30seg do terceiro round. A luta do peso médio (até 84 kg) foi considerada a melhor da noite pelo público presente no Sport Bar, devido à intensa troca de socos, chutes e quedas proporcionadas pelos dois guerreiros. Ambos os atletas foram aplaudidos pelos fãs do MMA.

Só o jiu-jítsu salva…

Na terceira batalha mais importante da noite, tudo parecida perdido para o peso galo Márcio Santos (Nova União/Alvorada 1), mas com um mata-leão bem aplicado e venceu Mateus Martins (Manaus Fight) por aos 3 minutos e 27 segundos do terceiro round.

Faca na Caveira

Vindo de derrota em outro evento local, Samuel “Caveira” Silva (SD System/Checkmat) atropelou o experiente Gilson “Predador” (Casa da Mamãe) por nocaute técnico aos 3 minutos e 15 segundos do primeiro round. Se para Caveira a vitória significou a volta por cima, para Predador a luta marcou sua despedida dos octógonos após mais de 15 anos de carreira.

Anderson, Wendel, Geraldo e Diego…

O Amazon Talent 4 também foi marcado pelas vitórias do peso pena Anderson Choque (SD System/Checkmat), do meio-médio Wendel Souza (CT Brunocilla/Cosme Júnior/Astra Fight),  do mosca Geraldo Nogueira (SD System/Checkmat) e do galo Diego “do Boxe” Barroso (JB MMA Pro/Sonic Luta Livre).

 

 

 

 

Resultados do Amazon Talent 4:

Luta principal até 70 kg (leve):

Victor Castro (Kratos Top Team) venceu Sotero Neto (SFT) por finalização em leg lock aos 2min25seg do primeiro round;

Co-luta principal até 66 kg (pena):

Bruno Quintanilha (Champions Factory) venceu Genésio Adryan (SV Team/Nova União) por nocaute aos 4min55 do segundo round;

Card preliminar:

Até 61 kg (galo) – Márcio Santos (Nova União/Alvorada 1) venceu Mateus Martins (Manaus Fight) por finalização em mata-leão aos 3min27seg do terceiro round;

Até 66 kg (pena) – Anderson Choque (SD System/Checkmat) venceu Vando Ramos (Alfa) por nocaute técnico aos 2min20seg do terceiro round;

Até 84 kg (médio) – Jackson Salles (CT X-Fight/Dindô/Nova União) venceu Rodolfo Santos (Monsters S.A./ Sérgio Alves Jiu-Jítsu) por nocaute técnico aos 3min30seg do terceiro round;

Até 52 kg (palha) – Caio Roberto (SD System/Checkmat) venceu Sebastião Ligeirinho (Stetic Fight) por nocaute aos 2min45seg do primeiro round;

Até 77 kg (meio-médio) – Wendel Souza (CT Brunocilla/Cosme Júnior/Astra Fight) venceu David Felipe (Amazon Fit/Jungle Real) por nocaute técnico aos 2min15 do segundo round;

Até 57 kg (mosca) – Geraldo Nogueira (SD System/Checkmat) venceu Luiz Miguel (CTO) por nocaute técnico aos 2min47seg do primeiro round;

Até 66 kg (pena) – Samuel “Caveira” Silva (SD System/Checkmat) venceu Gilson “Predador” (Casada da Mamãe) por nocaute técnico aos 3min15seg do primeiro round;

Até 61 kg – Diego “do Boxe” Barroso (JB MMA Pro/Sonic Luta Livre) venceu Adriano Vilaça (CTO) por nocaute técnico a 1min51seg do primeiro round.

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s