Bisping vence revanche e mantém cinturão; Hendo anuncia aposentadoria

Inglês bateu norte-americano por decisão unânime no UFC 204

 (Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

(Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

A aguardada revanche entre Michael Bisping e Dan Henderson foi ainda melhor do que o esperado. Os dois veteranos deram um show para o público inglês na luta principal do UFC 204 e saíram merecidamente ovacionados.

Como apenas um poderia sair do octógono com o cinturão, os jurados decidiram que, ao longo dos disputados e emocionantes cinco rounds de combate, Michael Bisping foi superior, e lhe garantiram a primeira defesa de cinturão com uma decisão unânime.

Mas Bisping teve que fazer por merecer. “O Conde” sofreu dois knockdowns nos dois primeiros assaltos, e passou grande parte do duelo com um corte enorme abaixo do olho esquerdo.

Na raça, o inglês sobreviveu à chuva de golpes de Hendo, que tentou aproveitar os bons momentos para definir o combate, e correu atrás do prejuízo, virando o duelo contra um cada vez mais exausto Henderson.

Aos 46 anos, o ex-campeão do Pride e do Strikeforce, e um dos maiores nomes da história do esporte, reafirmou, ao final do combate, que está se aposentando do MMA.

Esta foi a última vez que vocês me viram lutando. Agradeço o apoio de todos, mesmo de vocês, que me vaiaram antes da luta. Eu amo esse esporte. Obrigado aos fãs por fazerem esta luta acontecer e obrigado ao Michael Bisping pela oportunidade de lutar pelo cinturão em minha última luta”, declarou Hendo.

Confira todos os resultados:

Michael Bisping venceu  por decisão unânime (48-47, 48-47, 49-46);

Gegard Mousasi venceu Vitor Belfort por nocaute técnico no 2º round;

Jimi Manuwa venceu Ovince Saint Preux por nocaute no 2º round;

Stefan Struve venceu Daniel Omielanczuk por finalização (triângulo de mão) no 2º round;

Mirsad Bektic venceu Russell Doane por finalização (mata-leão) no 1º round;

Iuri Marajó venceu Brad Pickett por finalização (triângulo) no 1º round;

Damian Stasiak venceu Davey Grant por finalização (chave-de-braço) no 2º round;

Leon Edwards venceu Albert Tumenov por finalização (mata-leão) no 3º round;

Marc Diakiese venceu Lukasz Sajewski por nocaute técnico no 2º round;

Mike Perry venceu Danny Roberts por nocaute no 3º round;

Léo Santos venceu Adriano Martins por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28).

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s