O MMA é maior que o UFC, Novamente, confusão marca coletiva do evento.

 Se você já viu o UFC e toda a desportividade envolvida no evento, sabe que isso é algo incrível nesse esporte. Já tivemos um incidente com um cara chamado Paul Daley, golpeando a nuca Josh Koscheck, depois que a luta já tinha acabado, em 2010. Ele foi demitido e nunca mais lutará no UFC. Esse foi o segundo incidente do tipo que tivemos com Palhares. É o fim para ele.” Declarou o presidente do UFC Dana White em 2013.

   Guerra de garrafas e briga com tentativa de cadeirada diante de toda a imprensa do mundo em coletiva? Onde está a tal desportividade do evento? Nosso esporte, o MMA, evoluiu muito nesses últimos anos. Hoje o esporte é muito mais profissional. Há alguns anos atrás, o MMA ainda era muito marginalizado, atualmente ele é muito melhor aceito pela sociedade. Agora as pessoas reconhecem o MMA como um esporte de verdade. Não pode haver espaço para esse tipo de coisa!

Dana White presidente do UFC

Dana White presidente do UFC

   O  UFC significa muito para os praticantes de MMA, atuando no Brasil e no mundo.  Uma  realização profissional. Mas infelizmente, o evento está virando um Freak Show, por conta de palhaçadas que veem excedendo o limite do esporte, onde o dinheiro está valendo mais que o respeito ao seu adversário e ao público, seguindo pela contra mão da cultura marcial na qual prega o respeito.

   Nesta quinta-feira (10,) mais um episódio lamentável no evento presidido pelo senhor que citou a  desportividade, respeito e profissionalismo em algumas vezes no seu discurso. O irlandês Conor McGregor, envolvido já em episódios lamentáveis, tais como o “roubo” do cinturão do campeão da época José  Aldo, na mesa da coletiva de imprensa do UFC 194, a guerra de garrafas na coletiva do UFC  202, além dos  atrasos que  já são de costume do atleta, que faz o que quer na organização.

Já é visível a proteção que o lutador irlandês recebe do evento, mesmo passando a imagem ruim ao esporte. E mais uma vez foi assim, McGregor após seu costumeiro atraso chegou na coletiva do UFC 205, dançando e tirou da mesa o cinturão de Alvarez, como havia feito com Aldo, dando inicio a uma discussão, onde o norte-americano jogou sua cadeira em direção ao rival, que pegou o objeto e ameaçou lançá-lo. Os atletas foram contidos pelo presidente do UFC, Dana White que após confusão, como se nada tivesse acontecido  deu inicio a coletiva.

Lembrando que por incidentes de falta de desportividade e indisciplina, foram demitidos do evento Paul Daley, RousimarToquinho Palhares, Renato Sobral, dentre outros.

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s