Ele voltou! Jon Jones nocauteia Cormier, retoma cinturão e pede Brock Lesnar

Novo campeão meio-pesado fez desafio ao ex-campeão dos pesados do Ultimate

Foto: Getty

Quando perdeu o cinturão dos meio-pesados por conta de problemas pessoais e polêmicas fora do octógono, Jon Jones era soberano em sua divisão e considerado um dos maiores lutadores de todos os tempos. Em seu retorno ao Ultimate neste sábado, ele provou que ainda é exatamente tudo isso.

Na luta principal do UFC 214, “Bones” venceu seu arquirrival Daniel Cormier por nocaute no terceiro round e recuperou o título da categoria cerca de dois anos e meio após sua última defesa – exatamente sobre Cormier, em janeiro de 2015.

O duelo começou acelerado, com ambos colocando as desavenças na ponta das luvas e buscando resolver o combate desde o início. Após dois rounds muito equilibrados, Jones conectou um chute na cabeça do campeão no terceiro assalto e não permitiu que ele se recuperasse com uma chuva de golpes que acabaram definindo a luta.

Após receber o cinturão dos meio-pesados de volta, Jones deixou a rivalidade de lado para elogiar e consolar Cormier, que chorava, desolado, no octógono. O novo campeão falou do rival como “um ótimo atleta, pai, parceiro de treinos e eternamente um campeão”.

E ainda teve tempo para pensar no futuro, já que Jones encerrou seu discurso desafiando o ex-campeão dos pesos-pesados, Brock Lesnar: “Se você quiser saber como é apanhar de um cara bem mais leve, fale comigo”.

Confira todos os resultados do UFC 214:

Jon Jones venceu Daniel Cormier por nocaute aos 3m01s do 3º round;

Tyron Woodley venceu Demian Maia por decisão unânime (50-45, 49,46, 49-46);

Cris Cyborg venceu Tonya Evinger por nocaute técnico aos 1m56s do 3º round;

Robbie Lawler venceu Donald Cerrone por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Volkan Oezdemir venceu Jimi Manuwa por nocaute aos 42s do 1º round;

Ricardo Lamas venceu Jason Knight por nocaute técnico aos 4m34s do 1º round;

Aljamain Sterling venceu Renan Barao por decisão unânime (29-28, 29-27, 30-26);

Brian Ortega venceu Renato Moicano por finalização (guilhotina) aos 2m59s do 3º round;

Calvin Kattar venceu Andre Fili por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27);

Alexandra Albu venceu Kailin Curran por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Jarred Brooks venceu Eric Shelton por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);

Drew Dober venceu Joshua Burkman por nocaute aos 3m04s do 1º round.

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s