Estreia do ACB no Brasil é sucesso com combates espetaculares

Ao todo, evento russo teve 13 lutas no card. Brasileiros se destacaram e venceram seis dos oito duelos contra os europeus no Rio de Janeiro

Leandro Buscapé venceu Islam Makoev. (Foto: João Baptista)

O Centro Esportivo Miécimo da Silva, em Campo Grande (RJ), recebeu na noite deste sábado (21) a primeira edição do Absolute Berkut Championship, maior evento da Europa e terceiro maior do planeta, em território brasileiro. Conforme o esperado, o público carioca foi agraciado com um card repleto de golpes duros e emoção. Na principal luta da noite, Leandro Buscapé e Islam Makoev não mediram esforços e conseguiram fazer o que deles se esperavam: um duelo movimentado, digno de aplausos.

Sob olhares atentos dos lendários Frank Mir e Rogério Minotouro, além da efetiva participação juiz internacional Hearb Dean, os 26 atletas escalados para o torneio deixaram o máximo dentro do cage. Na competição entre países, melhor para o Brasil ao vencer seis e perder duas lutas para os russos, que enfrentaram sérios problemas com as condições climáticas na Cidade Maravilhosa.

Leandro Buscapé faz ótima luta e derrota Islam Makoev no main event

Leandro Buscapé venceu Islam Makoev. ( Foto: João Baptista)

Mais um atleta com passagem pelo Ultimate Fighting Championship no card, o paulista Leandro Buscapé deixou nítida toda a sua evolução desde que se mudou para os Estados Unidos para treinar na American Top Team. Muito técnico, Buscapé foi para duríssima para Islam Makoev. Após um primeiro round estudado, o brasileiro quase finalizou Makoev com uma guilhotina no início do segundo round e seguiu imprimindo um ritmo forte, impondo um sangramento abundante ao adversário no ground and pound. Na volta para o terceiro assalto, o panorama não se modificou e Leandro, mostrando ampla superioridade, conquistou sua 21ª vitória no MMA profissional.

Em decisão dividida, Carlos Eduardo Cachorrão derrota Fábio Silva no co-main event

Carlos Eduardo Cachorrão venceu Fábio Silva. ( Foto: João Baptista)

Responsáveis pelo co-main event, Carlos Eduardo Cachorrão e Fábio Silva protagonizaram um grande combate. Foi um duelo de estilos. Enquanto Cachorrão buscava a luta agarrada, Fábio tentava manter a luta em pé para tentar o nocaute, sua especialidade. O duelo foi marcado pelo equilíbrio nos três rounds. Prova disso é que a vitória dada a Carlos Eduardo Cachorrão teve decisão dividida dos jurados.

Adlan Bataev nocauteia Adilson “Pica-Pau” Ramos no primeiro round

A já sabida força dos russos foi comprovada na antepenúltima luta da noite. Adlan Bataev não se intimidou com a torcida contra e partiu para cima do brasileiro Adilson “Pica-Pau” Ramos. Após alguns instantes estudando o oponente, ele se aproveitou de sua explosão e mão pesada para aplicar um bonito nocaute e colocar no placar a segunda vitória dos russos em cima dos atletas locais.

Roberto Facada vence Adriano Capitulino na decisão dos árbitros

Nomes de peso dentro do MMA nacional, Roberto Facada e Adriano Capitulino entraram no cage dispostos a provar que têm plenas condições de lutar em alto nível também em âmbito internacional. Em um combate que se desenrolou basicamente em pé, eles se estudaram bastante e usaram a estratégia durante a maior parte da luta. Com boa movimentação e golpes contundente, ambos fizeram um duelo interessante. No fim, vitória de Facada por decisão unânime dos juízes.

Wendell Negão usa a experiência a seu favor e leva a melhor sobre João Carvalho

Wendell Negão venceu João “Pânico” Carvalho. ( Foto: João Baptista)

Ex-atleta do UFC e muito popular no Rio de Janeiro, Wendell Negão entrou no cage do ACB para encara João “Pânico” Carvalho. Mesmo enfrentando um lutador com muita tarimba, João mostrou que também tinha armas para fazer um bom combate. Respeitando-se muito no primeiro round, os dois voltaram para o segundo assalto com mais soltos e protagonizaram boas trocações. O cenário repetiu-se no terceiro round. Ao soar do gongo, melhor para Wendell que acumulou a 30ª vitória na carreira.

José Maria “No Chance” venceu Bruno Mesquita. ( Foto: João Baptista)

Resultados oficiais do ACB 73:

Local: Centro Esportivo Miécimo da Silva, Campo Grande (RJ)

Leandro Buscapé venceu Islam Makoev por decisão unânime dos juízes

Carlos Eduardo Cachorrão venceu Fábio Silva por decisão unânime dos juízes

Adlan Bataev venceu Adilson “Pica-Pau” Ramos por nocaute técnico com 1m46s do 1º round

Roberto Facada venceu Adriano Capitulino por decisão unânime dos juízes

Maike Linhares venceu Rustam Asuev por nocaute técnico (desistência) ao fim do 1º round

Wendell Negão venceu João “Pânico” Carvalho por decisão unânime dos juízes

Imran Abaev venceu Luiz Besouro por decisão unânime dos juízes

Josiel Silva venceu Kurban Gadzhiev por decisão unânime dos juizes

Ary Farias venceu Nilton Gavião por finalização (mata leão) com 1m07s do 2º round

José Maria “No Chance” venceu Bruno Mesquita por nocaute técnico aos 2 minutos do 2º round

Herbert Batista venceu Viskhan Magomadov por nocaute técnico (desistência) ao fim do 2º round

André Ricardo “Dedé” venceu Renato “Índio” Valente por nocaute técnico aos 3m26s do 3º round

Gregory Robocop venceu Umar Gaisumov por nocaute técnico aos 2m43s do 1º round

Taigro Urso Branco venceu Valdines Silva por decisão unânime dos juízes

Alan Gomes venceu Shamil Akhmaev por nocaute técnico aos 3 minutos do 3º round

Antonio Carlos Buiú venceu Fabiano Soldado por decisão unânime dos juízes

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s