Jon Jones é multado e tem licença revogada por um ano após doping

Jon Jones escapou de punição pesada por causa de doping, mas ficará no mínimo um ano sem lutar. Em audiência realizada em Anaheim (EUA), nessa terça-feira, a Comissão Atlética da Califórnia decidiu revogar a licença de lutador de ‘Bones’ por um ano. Ele ainda foi multado em uma quantia equivalente a R$ 666, que representa 40% da bolsa paga para o duelo contra Daniel Cormier no UFC 214, em julho do ano passado.

Jon Jones faz juramento antes da audiência: licença para lutar na Califórnia revogada até março de 2019

A audiência durou cerca de três horas e teve a presença de Jon Jones. A defesa do lutador justificou que o esteroide Turinabol, encontrada no exame antidoping realizado no dia do confronto com Cormier, apareceu em decorrência de um suplemento contaminado. ‘Bones’ deu a versão para o caso e disse que se cercou de todos os cuidados para evitar algum problema com doping – ele já foi flagrado três vezes em testes da Agência Antidoping dos EUA (USADA).
“É muito ruim estar nessa situação. Não sabia que estava ingerindo a substância. Fiquei surpreso, comecei a olhar para as pessoas a minha volta e perguntar: ‘Como isso entrou no meu corpo?’. Foi uma situação muito ruim, mas tentei não pensar em nenhuma teoria da conspiração e me apoiar nas pessoas que eu amo”, disse o ex-campeão, que recuperou o título dos meio-pesados ao nocautear Comier, mas teve o cinturão cassado pela organização logo que o caso de doping foi confirmado.

Jon Jones venceu Daniel Cormier no seu ultimo combate onde foi pego no antidoping. (Photo by Christian Petersen/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

“Fui muito cuidadoso durante o meu camp, tomei muito cuidado. Trabalhei muito duro para mudar e achei que essa luta seria o momento perfeito para isso, com as pessoas na minha vida e tudo mais. Toda a minha equipe se certificou de que eu estava ingerindo coisas permitidas pela USADA. …Não tenho ideia de como isso aconteceu e quero saber, como todo mundo”, declarou. 
Mais tarde, em sua conta no Twitter, Jon Jones deixou claro que respeitou a decisão da Comissão Atlética da Califórnia pela revogação da licença por um ano, além da aplicação da multa. “Quero agradecer a Comissão Atlética da Califórnia pelo tempo para ouvir o meu caso e o executivo Andy Foster por dizer que acredita em mim”, escreveu.
Jon Jones escapou de uma suspensão longa – que poderia chegar a quatro anos pela reincidência -, mas ele ainda pode receber suspensões maiores. Depois do fim do prazo de um ano da revogação da licença, que expira em março de 2019, ele terá que fazer nova solicitação à comissão para voltar a atuar na Califórnia. Além disso, ‘Bones’ será julgado pela USADA, ainda sem data marcada, e corre o risco de uma pena mais dura.
Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s