Dustin Poirier nocauteia Justin Gaethje em luta espetacular no UFC Glendale

Vencedor pediu para enfrentar Khabib Nurmagomedov pelo cinturão

(Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Dustin Poirier e Justin Gaethje prometiam fazer uma das melhores lutas de 2018 – e cumpriram seu papel à risca. Após quatro rounds de muita trocação e movimentação, Poirier conseguiu acertar um forte direto no rosto de Gaethje e só parou de acertar o rival quando Herb Dean decretou o fim da luta principal do UFC Glendale, realizado neste sábado (14).

“Sei que os fãs me vaiaram, mas nós demos tudo de si aqui no octógono. Justin é um guerreiro e não teria parado se o árbitro não tivesse interrompido. Fiz 20 lutas no UFC, já fui nocauteado e me reegui. Jamais pediria algo se não merecesse, então Dana, Sean…Khabib, vamos nessa!”, falou o peso-leve no octógono.

Poirier começou melhor no combate, acertando melhor a distância e os contra-golpes, machucando o lado esquerdo do rosto de Gaethje. No segundo round, Gaethje começou a buscar impor seu ritmo, acertando bons socos e chutes baixos, mas Poirier passou a se esquivar melhor e golpear com maior eficiência.

No terceiro assalto, Poirier mostrava sinais de cansaço. Mesmo assim, os atletas se golpeavam de maneira franca. Gaethje acertou o olho de Poirier pela segunda vez no duelo e perdeu um ponto por causa disso.

No quarto assalto veio o golpe derradeiro: Poirier acertou uma esquerda limpa no rosto de Gaethje, que sentiu e foi para trás. Sentindo o bom momento, “O Diamante” partiu para cima e acertou uma linda sequência de golpes. Gaethje, completamente desnorteado, tentou responder, mas o árbitro Herb Dean interrompeu o duelo e deu a vitória a Poirier.

Confira os resultados completos do UFC Glendale:

CARD PRINCIPAL
Dustin Poirier venceu Justin Gathje por nocaute técnico aos 33 segundos do 4º round
Alex Oliveira venceu Carlos Condit por finalização (guilhotina) aos 3m17s do 2º round;
Israel Adesanya venceu Marvin Vettori por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);
Michelle Waterson venceu Cortney Casey por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28);

CARD PRELIMINAR
Antonio Cara de Sapato venceu Tim Boetsch por finalização (mata-leão) aos 4m28s do 1º round;
Muslim Salikhov venceu Ricky Rainey por nocaute aos 4m12s do 2º round;
John Moraga venceu Wilson Reis por decisão unânime (triplo 29-28);
Brad Tavares venceu Krzysztof Jotko por nocaute técnico aos 2m16s do 3º round;
Gilbert Durinho venceu Dan Moret por nocaute aos 59s do 2º round;
Lauren Mueller venceu Shana Dobson por decisão unânime (triplo 29-28);
Yushin Okami venceu Dhiego Lima por decisão unânime (triplo 30-27);
Adam Wieczorek venceu Arjan Singh Bhullar por finalização (omoplata) aos 1m59s do 2º round;
Alejandro Perez venceu Matthew Lopez por nocaute técnico aos 3m42s do 2º round;
Luke Sanders venceu Patrick Williams por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28).

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.