Kamaru Usman vence Demian Maia na luta principal do UFC Chile

O “Pesadelo Nigeriano” levou a melhor sobre o brasileiro na decisão dos jurados

(Foto: UFC)

O nigeriano Kamaru Usman levou a melhor e venceu o brasileiro Demian Maia por decisão unânime dos jurados na luta principal do UFC Chile.

Substituto de última hora do argentino Santiago Ponzinibbio, Demian fez um bom primeiro assalto, conectando golpes limpos e conseguindo levar a luta para a grade, onde ficou em posição de vantagem. Entretanto, com o decorrer da luta, Usman passou a tomar o controle da luta, mantendo distância segura, evitando as tentativas de queda do brasileiro e pontuando na trocação, tendo conseguido inclusive um knockdown no quarto assalto.

Após o anúncio da vitória, o nigeriano se mostrou bastante respeitoso com o brasileiro, mas mandou um recado para toda a divisão até 77kg.

“Ele é uma lenda do esporte, duas vezes desafiante ao cinturão e eu o dominei do início ao fim”, disse Usman, “Não vou desafiar ninguém, eles têm que vir me enfrentar. Estou indo para o cinturão”.

Tatiana Suarez passeia na luta co-principal

Uma das principais promessas da divisão peso-palha, a vencedora do TUF 23, Tatiana Suarez, deu mais um show em sua terceira apresentação no octógono. Com muita facilidade, a lutadora de 27 anos levou a mexicana Alexa Grasso para sua zona de conforto, o chão, trabalhou as transições e pegou as costas, encaixando um mata-leão fatal ainda no primeiro round. A norte-americana conquista assim sua sexta vitória na carreira e mantém sua invencibilidade.

Vicente nocauteia e mira Top 15

Teve vitória brasileira na luta que abriu o card principal em Santiago. Na divisão dos meio-médios, Vicente Luque conquistou seu sexto triunfo nas últimas sete lutas com um belo nocaute no primeiro round sobre o canadense Chad Laprise. Em entrevista após a luta, o brasileiro pediu por algum adversário ranqueado em seu próximo combate.

Confira todos os resultados do UFC Chile:

Kamaru Usman venceu Demian Maia por decisão unânime (50-45, 49-46, 49-46);

Tatiana Suarez venceu Alexa Grasso por finalização (mata-leão) aos 2m44s do 1º round;

Dominick Reyes venceu Jared Cannonier por nocaute técnico aos 2m55s do 1º round;

Guido Cannetti venceu Diego Rivas por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Andrea Lee venceu Veronica Macedo por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27);

Vicente Luque venceu Chad Laprise por nocaute aos 4m16s do 1º round;

Michel Prazeres venceu Zak Cummings por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);

Alexandre Pantoja venceu Brandon Moreno por decisão unânime (30-26, 30-26, 29-27);

Poliana Botelho venceu Syuri Kondo por nocaute técnico aos 33s do 1º round;

Gabriel Benitez venceu Humberto Bandenay por nocaute aos 39s do 1º round;

Enrique Barzola venceu Brandon Davis por decisão unânime (30-27, 30-26, 30-26);

Frankie Saenz venceu Henry Briones por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-26);

Claudio Puelles venceu Felipe Silva por finalização (chave de joelho) aos 2m23s do 3º round.

Anúncios

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.