Aventureiros no MMA – Carreira Marcial ajudaria no desenvolvimento profissional do esporte ?

Desde os primórdios do MMA, inicialmente nominado de Vale Tudo, que nosso esporte vem sendo marcado por olhares desconfiados, ou seja, pelas brigas de rua entre academias rivais, por ditos intelectuais “esportisticos” dizendo que o MMA não é esporte, e por fãs que ao surgir a menor oportunidade, dizem que as lutas são compradas ou que esse ou aquele lutador entrou no cage para perder.

Marco Ruas - Foto: Marcelo Alonso PVT

Marco Ruas – Foto: Marcelo Alonso PVT

Voltando ao inicio de tudo, na época do surgimento do esporte, lutadores se desafiavam para provar qual seria o esporte de combate mais eficaz. Com esses desafios foram surgindo o que chamamos hoje de MMA. Rings com torneios se espalharam pelo país onde somente os faixas pretas do seus respectivos esportes estavam habilitados para tal disputa. Em meio a tudo isso foi criado o UFCVale TudoJapan, Pride Etc...

 

Hoje o esporte buscou e busca o    máximo de profissionalismo, as brigas entre academias e rixas ficaram para trás, atletas lutam pelo mesmo objetivo e cultuam o respeito e o Fair Play acima de tudo. Eles têm na atualidade todos os recursos para um atleta profissional , como centro de treinamentos, alimentação, trabalho físico e tático unicamente voltado para o esporte, que a cada dia conquista mais o publico mundial e a visão das grandes empresas.
Fair Play entre os adversários Mauricio Facção e Wanderson Panda

Fair Play entre os adversários Mauricio Facção e Wanderson Panda

Em meio a tudo isso, aos “Funcionários do MMA”,  temos hoje o surgimento de atletas de outras ramificações, o WWE, nosso Telecach eternizado por Ted Boy Marino e sua turma que agitavam a TV na época dos anos 1965 a 1966, na extinta TV Excelsior do Rio Canal 2, querendo migrar para o antigo Vale Tudo. Essa semana vimos o mais novo membro da transição WWE-MMA, em ação pela primeira vez no cage, CM Punk astro do Telecatch americano, não durou os 5 minutos de um Round no UFC 203 frente Mickey Gall, atleta americano,  que fez sua 3ª luta profissional, sendo a segunda na organização, e consolidou sua 3ª vitoria em 3 lutas.

Nomes como Brock Lesnar( 06- 03) e Bobby Lashley ( 14-02) também já fizeram esta transição na qual se deram melhor que CM, que em 2 anos de preparação durou penas 2m14s de combate. Mesmo assim  CM Punk recebeu US$ 500 mil, ou R$ 1,6 milhão de bolsa pelo combate deixando para trás atletas como Urijah Faber (US$ 160 mil) e Bethe Correia US$ 50 mil, atletas que já disputarão o titulo de suas respectivas categorias e o próprio algoz no combate, que recebeu a  bolsa de US$ 30 mil.

CM Punk - Foto: Getty Images

CM Punk – Foto: Getty Images

A pergunta que fazemos é: Será que estes competidores estão mesmo aptos a enfrentar atletas com um currículo marcial constituído desde a carreira amadora?
Seria certo a entrada deles, sem ao menos ter combates de iniciantes antes de entrar no ramo profissional, recebendo bolsas muito mais altas aos que constituíram sua fama no esporte por mérito de seus desempenhos em combate ?

Claudiere Freitas (15-14) antes de entra para o MMA fez careira no Muay Thai onde recebeu o grau preto.

Claudiere Freitas (15-14) antes de entra para o MMA fez careira no Muay Thai onde recebeu o grau preto.

O MMA profissional não deveria rever melhor suas regras e comissões atléticas não deveriam ter mais rigor com estes atletas, pois ha importância da carreira marcial, das lutas amadoras, na qualificação dos atletas,  seria muito importante, e é, para o mesmo disputar um combate pela categoria profissional. Como voltando aos primórdios do esporte, víamos que somente o melhor e de alta formação de seus respectivo esporte estava apto a disputar o famoso “Vale Tudo “.

Cartel de lutas profissionais no Sherdog de CM ate o momento

Cartel de lutas profissionais no Sherdog de CM ate o momento

Anúncios

2 comentários sobre “Aventureiros no MMA – Carreira Marcial ajudaria no desenvolvimento profissional do esporte ?

Obrigado pela sua opinião !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s